quinta-feira, fevereiro 24, 2011

Pistola taser em prisão de Paços de Ferreira



Por causa deste vídeo, por causa da actuação, correcta, dos homens do GISP, anda tudo para aí em bolandas, sobretudo e daquilo que ouvi, afirmações que roçam a estupidez boçal, dos cus almofadados que nos gloriosos planos traçados nos gabinetes do ar condicionado não sabem nem sonham o que custa e comanda a vida.
Um senhor deputado, o tal que à sorrelfa sonegou os gravadores a jornalistas, numa atitude tipicamente Kadafiana, declarou «que é um atentado à dignidade humana», atentando à dignidade e à inteligência humana, é continuarem a permitir que o senhor seja deputado.
Uma outra criatura que ouvi, muito brevemente, que suponho seja da Amnistia Internacional ou de outra treta do género, vociferou a bom tom, contra a malandragem dos polícias, a esse enfiava-lhe um uniforme e deixava-o a servir como guarda prisional durante um dia, bastava.
Os comunas, como de costume, lá vieram com a lenga-lenga da repressão do costume. Resumindo, a começar pelo jornalismo de merda que temos, televisão incluída, chegamos à triste conclusão de que somos informados por uma cambada de imbecis, que se limite a cagar postas de pescada, sobre coisas das quais não faz a mais pálida ideia.
Aquilo que foi feito em Paços de Ferreira, foi o que era exigido, os meios adequados e o uso da força adequada a lidar com aquela criatura, tudo o resto são balelas imbecis de cretinos, aos quais o poder político desejoso de agradar para que se esqueçam as imbecilidades, vai logo dar crédito.
Parabéns à Directora do estabelecimento Prisional, parabéns ao pessoal do GISP, um trabalho muito bem feito e limpo, é para isto que lhes pagam, mal, é isto que devem fazer, um grande aplauso por uma excelente demonstração de método de trabalho e profissionalismo. A todos os lorpas que estão contra este trabalho, aprendam a ser gente e a viver no mundo de merda que ajudaram a criar.

Um abraço, deste vosso amigo
Barão da Tróia

2 comentários:

Franguska Rafaliska disse...

obviamente é preferível viver na merda

do que tentar sair para fora dela

a merda aquece

a falta dela arrefece

Filomena disse...

Teve o tratamento que merecia,...;Concordo plenamente consigo! As prisões têm que deixar de ser para seres dessa laia um Hotel de 5 estrelas, com criados para todo o serviço!