terça-feira, dezembro 26, 2006

Num Jardim do Subúrbio

Ainda com a última fatia de bolo-rei a dançar no gorgomilo desci, a fria escadaria daquele prédio até à rua, recostei-me na ombreira da entrada e fiquei ali a fumar um cigarro enquanto via a fauna que aquela hora enxameava o pequeno jardim que é o centro da terreola.
Encostados a uma das entradas do jardim, dois marmanjos mal encarados, vestidos com fatos de treino de corres berrantes, confabulavam entre si, de tempos a tempos aproximava-se um jovem transeunte, trocavam-se umas palavras e uns apertos de mão, eles ficavam e o outro seguia, depois outro e outro ainda. São ambos oriundos de Leste, trabalham nas obras e traficam haxixe.
Não muito longe dali, quatro cidadãos de origem africana deleitavam-se a beber cervejas de litro, atirando de seguida as vazias para detrás das sebes do jardim, num esplendoroso exemplo da alegria africana, evidente que os tipos nunca estiveram em África, não possuem a dignidade e a bonomia dos verdadeiros africanos, são isso sim, uns bandalhos nascidos cá, que se divertem a ser imbecis.
Um pouco mais ao centro sentados num banco sob a radiosa copa de um enorme e bonito abeto das florestas do norte, que cresceu aqui, longe da família, três rapazelhos, dignos exemplos da sua geração, os representantes do futuro, enrolam charros uns atrás dos outros tipo linha de montagem.
Um pouco mais longe duas crianças, brincam no exíguo parque, vigiadas pelas mães, que se entretém a ler revistas cor-de-rosa, de tão preocupadas estão com a cor das cuecas da marquesa, ou em saberem que a filha do milionário sicacrano, comeu um trolha, que nem reparam que os dois fedelhos se engalfinham e tentam arrancar os olhos um ao outro.
Protegidos por uma área coberta e recebendo o sol de frente, uma vintena de idosos, agita-se em alegre algazarra, entre um jogo de cartas, um escarro para o chão, uma fugaz olhadela para a pernas da piquena que está sentada com o namorado num banco do outro lado.
Pelo meio da jardim passa um rapazola, barrete estúpido à americana, calcinha de camuflado, um bardamerda que nem à tropa foi, cão pitbull sem açaimo nem trela, orelhas com argolas de ouro, ali vai ele, o tipo acha-se o máximo, e tem razão. É o expoente máximo da geração “E”de Escumalha, esta geração que irá, não sei como, trabalhar para pagar o desenvolvimento deste país.
Naqueles 30 ou 40 metros quadrados estava resumido todo o meu país, todas as suas aspirações, e projectos, as suas gerações hipotecadas neste marasmo, que porra de futuro, um arrepio percorreu-me as costas e não era do frio.

Um abraço deste vosso amigo
Barão da Tróia

31 comentários:

Andesnan disse...

Não é um quadro o teu jardim mas o texto é excelente. 1 abraço e continuação de Boas Festas

Kalinka disse...

FELIZ NATAL
e
BOM ANO NOVO
cheio de coisas boas,
com muita felicidade.

Manel do Montado disse...

Um 2007 cheio do que desejas. Voto singelo mas sentido e que o melhor de 2006 seja o pior de 2007.

Um abraço

Manel do Montado disse...

Tens razão meu amigo e o rectângulo só está assim porque outra escumalha, esta mais bem vestida, vive em condomínios de luxo e está-se “obrando” para aqueles que como tu e eu, têm de lidar todos os dias com esses “cagalhões” sociais elevados à condição de “refugiados”, “afro-europeus” e “Chico-espertos”.
Um dia, eu acredito que um dia….
Um abraço

Sofocleto disse...

Você queixa-se da geração e do futuro? E do nosso PM?

O discurso natalício de Sócrates que os surdos adoraram ouvir

A tradutora em linguagem gestual para surdos, que surge no canto inferior direito do ecrã, ou por claras divergências com o Primeiro-Ministro ou por manifesta incompetência, adulterou a mensagem de Natal que José Sócrates enviou a todos os portugueses na RTP1.

Eis o que os surdos perceberam das palavras do nosso Premier:

Vídeo – 3:43m

Anónimo disse...

Resumistes e muito bem a situação deste PORTUGAL.
Cenas dignas de uma vida real que um PM tenta dizer por outras palavras , O REI VAI NÚ.
BOM FIM DO ANO e cuidado com a ultima fatia de BOLO-REI, pode conter a FAVA.touaqui42

commonsense disse...

Não sei se é a geração E de escumalha, se a geração R de rasca, mas é quase verdade e é muito mau. Pelo caminho que as coisas levam, só pode vir a ser pior.

Tirem-me daqui !!!

Savonarola disse...

Detestei este triste jardim, que tão bem retrataste. Não pode ser verdade que Portugal se resuma a isto: uns quantos "imigras" rascas, uma papa-revistecas analfabrutas, uns desgraçados duns putos que mal começaram a viver... A ser assim, prefiro imigrar!
Um abraço d'O Anarquista

js disse...

deixa isso para lá !...não ouviste o PM discursar no Natal?... segundo ele o país está no caminho certo...
tudo são maravilhas...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt

Anónimo disse...

Acabei de ver o VIDEO do amigo sofocleto e dou-lhe os meus sinceros parabens pelo maravilhoso discurso da actual POLITICA deste PAÍS , realmente é música para ouvidos para SURDOS.
Ainda não parei de rir ás gargalhadas , porque realmente o discurso do PM é daqueles que foge a BOCA para a verdade.touaqui42

Su@vissima disse...

Não te pareceu uma cena surrealista?!?

O que fizémos nós de errado, para que essa seja a "natureza viva" do nosso Portugal?!?...Aii, que prefiro naturezas mortas, essas telas, não nos arrepiam!

Procurem por toda a parte, um pintor que nos mude "as cores" e o tema!

Um 2007, com 365 dias de sorrisos :)

*Peace and Love*

Um beijo daqui.

Jade disse...

Barão, sabes que aprecio muito os teus textos, a forma como descreves as situações, a tua acutilãncia, enfim... No entanto, hoje fiquei triste quando li o teu post porque me pareceu demasiado pessimista. O teu jardim pareceu-me demasiado pequeno e com pouca variedade. Acho que o nosso Portugal não é apenas povoado por essas "espécies" que tu referiste, senão onde te encaixarias tu e tantas outras pessoas sérias, interessantes, bem-formadas que eu conheço? De qualquer das formas, apreciei a análise feita porque retrata de uma forma muito crua uma franja da nossa realidade.
Fica bem!

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

.....{*.\.....(*~*~*).../}
....{.~.*\....////^^\../~}
....{*....\..(((/.6.6./.*}
....{..*.~.\.)))c..=.)*..}
.....{*...*.////_/~`.~.}
......{~.*.((((.`.`\.*}
.......`{.~.)))`\.\))_.-:*
..........`{.(()..`\_.-`.`:
............`)/.`..|
.............(....\ \
..............\....\ .\
........_ .__\...| /
........|` `...``Y;
........|./``-../../
........`......|./
................/.`-._
Tenho um anjinho que tem um martelinho
E em cada martelada distribui um carinho
Espero que em 2007 te dê uma valente sova!
Mas…
Hoje este anjinho anda a distribuir um beijinho
Com votos de um Feliz 2007
Com muito carinho e amizade

Blossom disse...

Espero que o Natal tenha sido bom...cheinho de prendinhas!!!

Uma boa semana para ti :)

bluerussian disse...

rascalhada, é o que é. Uma grande rascalhada, este nosso país. é o que temos, pronto...
Um 2007 com tudo de MELHOR!!!!
saudações

Alien David Sousa disse...

"Naqueles 30 ou 40 metros quadrados estava resumido todo o meu país,"

Bem, uma visão um tanto pessimista, mas se calhar aquele jardim é mesmo o teu país e não o meu. Digo isto porque no teu jardim faltam personagens que existem no meu. Que fazem do meu um lugar que não é assim tão mau, que é bem melhor do que outros jardins por esse mundo a fora.
São muitas as personagens, teria de escrever um texto para te demonstrar a diferença entre os nossos jardins.

Um grande beijo alienígena
Um 2007 em GRANDE

Andreia do Flautim disse...

Passei só para deixar um abraço!

Luna disse...

É a vida a palpitar no teu jardim
Boas entradas
beijokas

-pirata-vermelho- disse...

Entre
Binoche_RTP1 e Amarcord_RTP2
mon coeur balance

(HOJE! 22h45 e 00h30, respectivamente)

João Moutinho disse...

Calma, Barão!
Isto não há de estar assim tão mau.
Feliz 2007!
A Humanidade tem á sua frente um futura brilhente, o Presente apenas está turvo.
Um grande abraço!

Diabólica disse...

Deixa lá isso, não tiveste o Absoluto privilégio de ouvir o MR SIMPLEX, na sua original mensagem de natal?
Sim, porque só pode ser original, porque se não veja-se: " o país tem vindo a crescer economicamente, os números do desemprego baixaram".
Poupem-me, mas este sr teria bebido?! Enfim..., mais do mesmo!!

Desejo-te um óptimo 2007! Entra com o pé direito!

Beijos

Daniela Mann disse...

______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2007______ _____ ___00
_000000________________________000000

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Um quadro que faz arrepiar qualquer um mesmo em pleno verão...
Beijos e bom ano

Mixikó disse...

OLá Barão,
excelente texto como sempre...
será que consigo aqui comentar??
O que me fizeste?Que não me deixas entrar...lol...venho ler-ter mas eis que me barram a entrada nos comentarios...a ver se este fica...

Mocho Falante disse...

olá viva

vim deixar os votos de um excelente 2007 com tudo a correr pelo melhor.

Até para o ano

paraquedista disse...

Barão da Tróia, mas que grande visão daquilo que nos rodeia no dia a dia. Sé é pena não teres à mão uma lata de Xeltox, ou coisa parecida para começar aí uma limpeza... Bom 2007 com boa saúde.

chuvamiuda disse...

.............

tiro certeiro, apanhou-os a todos!

embora ainda faltem outros.

mesmo assim desejo-te:

FANTÁSTICO 2007

Abraço Amigo Barão, noite serena

naoseiquenome usar disse...

É um cenário verdadeiramente de arrepiar.E é o que temos. E temos pior, claro. Há os cenários "cortantes".
...
Que fazer?
... Tentarmos educar sem medo que nos chamem parvos, tentarmos dar o exemplo sem receio desermos apelidados seja do que fôr...

Um abraço e BOm ano Novo!

Cucagaio disse...

O mundo é o fazemos dele, se não gostas, mexe-te, faz alguma coisa. UM abraço.

Anónimo disse...

Boa Noite;

Que visão tão cinzenta da sociedade.
Em toda a parte do Mundo existe o mau e o bom o que é necessário é saber tirar partido deles.
Prefiro em vez de "atirar mais ao fundo estes desventurados da sorte" dar-lhes uma "mão, uma palavra... um rumo ...".
Falar é fácil meu caro, ajudar muito mais "caro" é... daí que muito "barato" é falar, escrever sobre pessoas que não tiveram a sorte que nós tivemos; - alguém que nos encaminhou para a vida.
Acontece, que este encaminhamento não foi muito bem conduzido, faltou o alerta para quando virmos alguem no fundo dar-lhes uma corda para emergirem......
A todos um feliz natal e naturalmente um feliz ano vindouro.
Maria DaCosta

nene disse...

Desejo que 2007 seja o primeiro dos muitos e bons anos que se seguem, e que vos traga o melhor de tudo.
Desejo também poder continuar a falar convosco mesmo sem vos conhecer, uma vez que este ano e com muito carinho passaram também a fazer parte da minha vida.
O melhor dos beijos e Feliz 2007.