quinta-feira, novembro 30, 2006

Regime de Excepção ou Talvez Não!

“…este Governo não pode pactuar com regimes de excepção no sistema fiscal…” esta frase, foi ontem proferida pelo senhor Ministro das Finanças, por ocasião, do debate sobre o Orçamento de Estado e a propósito da excelente, soberba e inteligente medida de malhar na malta deficiente e faze-los pagar impostos.
Ora se eu fosse um gajo mal-educado e imbecil, eu diria Sr. Ministro vá bardamerda! Acontece porém, que não sou, mal-educado, sou um honesto trabalhador, pagador de impostos, que por acaso é deficiente, não tenho nenhuma isenção, alias nunca tive nem quero, alias do Estado Português, quero distâncias largas e comprimentos grandes, mas fico preocupado com amigos, deficientes, com várias tipos de deficiência, aos olhos do Sr. Ministro, uns malandros privilegiados.
Fico preocupado quando se diz não haver dinheiro e se atiram com estes números”… as pensões entre 354,11 euros e 596,79 euros aumentam 3,1%, as pensões de entre 596,80 euros e 2387,16 euros sobem 2,6%. As pensões de entre 2387,17 euros e 4774,35 euros aumentam 2,4%...”*. Então os Senhores Ministros ajuízam como lógico que quem ganha quase 5000 Euros de reforma, necessite de um aumento de 2,4%, se fizerem as contas quem ganha 354 Euros fica com mais uns tostões para sobreviver mais um dia, comendo uma sandocha uma peça de fruta e água da torneira, quem ganha 4774 Euros arrecada mais uns trocos para papar um camarãozito e beber umas bejecas. Isto é a tal justiça que os senhores apregoam? Não isto é um regime de excepção com o qual os senhores já compactuam, e porquê, é simples basta ir ver ao Diário da Republica a lista dos aposentados logo se percebe.
Ora se eu fosse um gajo mal-educado e imbecil, eu diria Sr. Ministro vá bardamerda! Como não sou, pergunto antes, porque é que toda a parafernália de Leis que supostamente protegem os deficientes, não se aplica à realidade desta terra, porque felizmente o Sr. Ministro não é deficiente, porque senão saberia do que estava a falar. Ora o Sr. Ministro não faz a mínima ideia do que estava a falar, porque senão o Sr. Ministro teria feito uma alusão à vergonhosa situação fiscal da Banca, que só paga o que quer e mesmo o pouco que paga é chorado, lamentado e sacado a ferros. Falaria também daquela rapaziada que anda por aí, com casa à borla em bairros sociais, com belas carrinhas, com pistolas e caçadeiras de 12 tiros, com anéis de ouro a vender nas feiras e que não pagam um corno, ainda ganham todo o tipo de subsídios e estão isentos de tudo. Falaria também de Advogados, Clubes de Futebol, Futebolistas, Médicos, Arquitectos, Engenheiros e Empresários e Políticos que declaram ordenados mínimos, que pagam o mínimo dos mínimos e ganham colossais somas.
Ora se eu fosse um gajo mal-educado e imbecil, eu diria Sr. Ministro vá bardamerda! Mas como não sou mal-educado, prefiro educadamente sugerir ao Sr. Ministro, que extinga a bandalheira da Lei de Financiamento dos Partidos, que faça os seus amiguinhos, politiqueiros abdicar das reformas milionárias que auferem, quais sanguessugas que sugam até ao tutano a Caixa de Previdência, comece onde está a prevaricação, comece por quem realmente é injustamente privilegiado, não cometa os mesmos erros, dos outros que criticou, não carregue mais o burro, porque um dia pode acontecer que o animal se recuse a andare lhe dê uma bela parelha de coices. Recorde-se que o senhor é Socialista, ou supostamente é Socialista, o que quer que isso signifique, provavelmente sou eu que laboro num erro e não saiba o que é o Socialismo.
Ora se eu fosse um gajo mal-educado e imbecil, eu diria Sr. Ministro vá bardamerda! Diria mais, vá o senhor bardamerda mais a corja de incapazes do seu Governo! Isto diria eu se fosse mal-educado, mas como não sou, antes pelo contrário, sou respeitador das instituições, peço ao Sr. Ministro que tome uma atitude digna, demita-se, engula uma ou duas granadas e rebente, era um excelente presente que daria a todos os deficientes e se puder faça-o numa reunião do Conselho de Ministros, assim sempre ia acompanhado até `a barca de Caronte, e as portas do Hades são logo ali na outra margem do Estige, eu mesmo lhe darei o óbolo para a pagar a portagem ao infernal barqueiro.

* in, Jornal " O Público" edição de 30 de Novembro de 2006

Um abraço, deste vosso amigo
Barão da Tróia

36 comentários:

js disse...

"porque felizmente o Sr. Ministro não é deficiente" ... tens a certeza?... não achas que um tipo daqueles tem uma qulaquer deficiencia do foro psicológico?...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt

Blossom disse...

Vim só desejar um bom dia...e um EXCELENTE fim de semana...que é mais compridito e tudo... :)

Miguel disse...

Eu acho que sou um bocadinho imbecil e mal-educado.
Quer dizer... eu não achava até agora, mas não consigo parar de dizer: Ó Fernando Teixeira dos Santos vai bardamerda!

francis disse...

Infelizmente, a culpa também é nossa porque somos nós que os metemos lá. Por natureza somos pouco exigentes (ou então exigimos sempre os mesmos porque os nomes mudam mas o cheiro é sempre igual). Se acha que vivemos na merda, então é melhor nem dadre uma vista de olhos aos países nórdicos pois vais ficar ainda mais arreliado!!! Sádica ironia. O Zequinha quer adoptar a chamada Flexisegurança da Dinamarca. Tristes palhaços que somos!!!
Ò amigo, as coisas só vão piorar e caminhaos para uma Ditadura de pantufas!
Bom fim-de-semana, é o que te desejo!!!

Adryka disse...

Quando se trata de tirar dinheiro do bolso dos outros,não custa nada. bjs

Andreia do Flautim disse...

Olha que se ele engolisse mesmo as granadas era um favor que fazia a toda a gente!

PMBC disse...

Digo mesmo mais ... muito bem dito!
E aproveito para agradecer as visitas e os comentários.

nene disse...

Sabes que mais...
A educação que se lixe como ele nos lixa a nós!
Sr. Ministro
Vá badamerda!

Anónimo disse...

Uma resposta á maneira do pensamento do POVO PORTUGUÊS.
Quem responde assim nem é gago.
Nem com granadas isto já lá vai.
Excelente atitúde de falar do MF, o homem está numa de vulcão prestes a explodir , que expluda longe , estamos fartos de merda.
Como sou mal educádo e pertencer á 3/idade ,posso dizer em todas as linhas , vá barda merda senhor MF.
As suas contas estão mal feitas .
Vá cortar o cabelo á escovinha.touaqui42

Sofocleto disse...

A SIC Notícias e Teixeira dos Santos – duas faces da mesma moeda

Atente-se na forma ardilosa como a SIC Notícias dissimulou o servilismo escandaloso do ministro das Finanças à banca, durante o debate sobre o Orçamento do Estado para 2007, e como o canal televisivo, numa pirueta acrobática, aproveitou o balanço para atacar a «esquerda» por esta querer ser (ainda mais) despesista com os deficientes, e de passagem dar ainda uma tacada em Manuel Alegre:

AQUI

António Lisboa Gonçalves disse...

"Ora se eu fosse um gajo mal-educado e imbecil, eu diria Sr. Ministro vá bardamerda!"
Eu também diria o mesmo, mas como não sou...

Bom Fim de Semana!

Filipe Freitas disse...

Boa, Barão !!!!
Um bom feriado.

deep disse...

É impossível não partilhar da tua indignação. Exigem-nos contenção e rigor, enquanto eles continuam a brincar!

Bom fim-de-semana.

Carlos Afonso disse...

Viva Amigo Barão!! Se eu fosse um gajo imbecil e mal-educado juntava a minha voz á tua e diria: Sr. Ministro vá á Bardamerda"!! He He!! Votos de um excelente feriado e bom final de semana!! grande Abraço...Carlos.

Dae-su Oh disse...

Esta história dos deficientes, enoja-me!!! É só o que tenho a dizer.

Cumps!!!

naoseiquenome usar disse...

Mas não, não sois um indivíduo mal-educado!!!!
Barão, mantenha-se assim. Nãoé fácil, mas ao fim de algum tempo, "água mole em perdra dura..." acaba por ser mais construtivo!

Um abraço.

Casemiro dos Plásticos disse...

anda tudo ás avesas é que tenho a dizer!

tron disse...

ou seja os senhores politicos ganham só de auemnto sobre as reformas um salário minimo, ladrões

Nunovsky disse...

Grande Chico ;) Que pena é saber que o ministro dificilmente vai engolir a boma. Acho que só mesmo alguma coacção pode resolver o problema. É assim que funciona...

Bom FDS

Bandida disse...

...

boa noite.


um abraço, Barão!


______________________________

maresia disse...

Eu nunca sei como comentar os teus textos de uma forma percebível, porque cada vez que leio estas coisas que escreves dá-me aquela vontade de rir histérica de quando já não consegues revoltar-te contra nada. Dá-me para rir e vêm à memória outras situações bizarras que vontade de rir me dão. Então, acabo por nunca comentar não vá alguém,mesmo tu, ofender-se, com esse meu riso enlouquecida...

Cecilia Cunha disse...

"o Sr. Ministro teria feito uma alusão à vergonhosa situação fiscal da Banca, que só paga o que quer e mesmo o pouco que paga é chorado, lamentado e sacado a ferros. Falaria também daquela rapaziada que anda por aí, com casa à borla em bairros sociais, com belas carrinhas, com pistolas e caçadeiras de 12 tiros, com anéis de ouro a vender nas feiras e que não pagam um corno, ainda ganham todo o tipo de subsídios e estão isentos de tudo. Falaria também de Advogados, Clubes de Futebol, Futebolistas, Médicos, Arquitectos, Engenheiros e Empresários e Políticos que declaram ordenados mínimos, que pagam o mínimo dos mínimos e ganham colossais somas"
Inteiramente de acordo, estou de acordo que todos temos de pagar mas que sejamos mesmo todos!


Bom fim de semana
Beijo

_estrelinha_ disse...

bom fim de semna para ti e bj

Daniela Mann disse...

Acho o máximo o teu género de humor! Mas a brincar dizes coisas muito sérias e importantes que nos fazem reflectir!
Beijinhos

Savonarola disse...

Bem atiradas, estas, ao Teixeira dos Santos! O homem é completamente tecnocrata, só vê números à frente dos olhos, nem as pessoas enxerga, quanto mais os problemas delas. Confesso que há muito tempo que não via um Ministro das Finanças tão robot. Parabéns pelo post!
Um abraço

PsyRules disse...

helloooo..

bem em relação a questoes sobre o governo... lol eu faço apenas uma pergunta,... nao os meteram lá? tem maioria absoluta... aposto que pessoal que comenta uma boa parte votou ROsa...mas fderam se pois aquilo era uma rosa que tinha levado com um balde de laranjas plos cornos...
quase que aposto que no final... eles ainda vao ganhar mais uma vez...
ate que o vosso socrates continua a ser o politico mais adorado (li essa merda numa revista qq...)

lol

um bom fim de semana Baroni!

Lumife disse...

Todo este texto é duro mas muito real.
Acho que aqui não há humor mas sim a verdade nua e crua do que se passa no nosso país .

O pior deste drama é que quando vierem as eleições lá estará o Povo a dar mais tachos a estes e outros que tais...

Viver Livre disse...

Grande Barão as usual! Desta feita num tom mais sério, mas sempre a disparar na direcção certa.

Aquele abraço

sa disse...

Um texto lapidar de mais uma medida que tresanda a hipocrisia. parabéns por teres escolhido um texto perante o qual não há contra-argumentos. :)

Araj disse...

Qual é a diferença entre este governo e uma ditadura? eu não sei, pq ele faz o que quer e ninguém faz nada...
Realmente somos um país de brandos costumes... caso contrário... alguém não faria o que faz...

Filho Adoptivo disse...

Andava eu na tropa. Era no tempo da outra senhora. Quem mandava por cá era um tipo que mandava na PIDE e que era à época muito estimado por certos empresários e por certos elementos já luxuosamente pagos. Lembro-me que foi decretado pelo govero de então um aumento para o funcionalismo público, miltares de carreira incluídos. Não era grande a expectativa entre o "pessoal menor" e logo se confirmou a desconfiança destes. Um contínuo que ganhava 800$00 passou a auferir 900$00 =(4,50€). Um general que ganhava suponho que seis contos passou a ganhar sete ( 35,00€. (Valores mensais)Ou seja, foi maior o aumento concedido às chefias do que o salário inteiro do simples funcionário. Foi então que nos lembrámos de brincar com a situação e a frase chave foi esta: Dá-me o teu aumento que eu te darei o meu salário. Isto foi no tempo da outra senhora. Ora eu que sou bruto e alentejano, tenho de os mandar bardamerda. Porém ainda lhes deixo uma pequena oportunidade de se redimirem, por isso lhes pergunto: Querem trocar o vosso aumento pelo meu salário?

Su disse...

"Ora se eu fosse um gajo mal-educado e imbecil, eu diria Sr. Ministro vá bardamerda!"


pois é ....... vá lá-------------

jocas maradas

marujinha disse...

Ena pá!!!!!!!!!!!!!!!
Escreves coisas tão complicadas. Eu até queria perceber essas coisas dos ministros...

Jinhos da Marujinha

João Moutinho disse...

Parafraseando o meu amigo Barão: "Os deficientes - esses malndros".

Mixikó disse...

Um abraço...da Mixikó.

Cucagaio disse...

Infelizmente a lei é só para aplicar a alguns. Tanta questão em fazer aplicar a lei do orçamento ao deficientes, mas já não tanta vontade para fazer aplicar uma lei (com 10 anos) que impõe o fim das barreiras arquitectónicas que impedem a mobilidade dos deficientes. Se o estado quer exigir algo, tem a obrigação de retribuir. Cumpra-se a lei, mas toda a lei.