terça-feira, outubro 27, 2009

Lastimável!

Em Abril de 2007, três honrados cavalheiros decidiram assaltar uma bomba de gasolina, por pura brincadeira claro está, os três cavalheiros são a fina-flor do dandismo, verdadeiros “sportsman”, que por um simples desfastio, um enfado, resolveram praticar aquele acto que facilmente se desculpará a tão excelentes mancebos, a flor da juventude. Durante a ocorrência, os sobreditos excelsos senhores, detectados na sua prevaricação por uma patrulha da Guarda Nacional Republica, os três bons rapazes, resolveram, brincar um pouco e assustar a Guarda, dando uns tiros, acabando por inadvertidamente ferir de morte a funcionária isto, frente à filha da mesma funcionária, que foi depois utilizada para servir de escudo a um dos excelentes rapazes, após o que iniciaram a fuga, tendo sido posteriormente capturados.
Ora sucede que o longo braço da Lei, caiu sobre estes três soberbos exemplares da raça humana, essa Lei cega e desumana, condenados injustamente em Tribunal de Primeira Instância, por uma pequena leviandade quase sem consequências, o mais novo, de 22 anos foi condenado a 21 anos, o máximo é 25, os outros de 32 e 40 anos de idade foram condenados respectivamente a 13 e 15 anos de cadeia.
Os senhores doutores advogados dos arguidos recorreram, claro está, para instâncias superiores, indo ocaso acabar no Supremo Tribunal de Justiça, que revoga as penas. Ao mais novo, reduz de 21 para 16 anos, aos outros retira um ano a cada pena, diz a certa altura o venerando acórdão de tão iluminados Juízes, que, “ …procurando evitar-se ao máximo a quebra prolongada dos laços de sociabilidade e a excessiva traumatização do jovem…” de referir que os três excelsos cavalheiros já tinham também perpetrado tropelias idênticas em Mértola e Ferreira do Alentejo, crimes que ajudaram a que fossem condenados em tão dura pena.
De referir que os meritíssimos, omniscientes, iluminados, sapientíssimos e esclarecidíssimos Juízes Conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça, consideram que “…a possibilidade de reinserção social e profissional” pesou na decisão, todos exerciam profissões tidas como dignas, fiel de armazém, pintor da construção civil e serralheiro, acumulando essas actividades com estas brincadeiras e tropelias próprias da juventude, ah como é bom ser jovem, poder balear e roubar à vontade.
Só tenho um comentário a fazer a esta vergonha: BARDAMERDA!

* O meu pesar está com as vítimas, com todos os trabalhadores honestos e pagadores de impostos que pagam esta trampa toda, Juízes, Ladrões, Assassinos, Políticos tudo a mesma lamentável excrescência de passeio! Somos nós que engordamos esta Corja toda, somos nós, esta lastimável caterva de carneiros capados que deixamos isto chegar a este estado!

Um abraço, deste vosso amigo
Barão da Tróia

1 comentário:

Luis Bento disse...

O estilo acutilnte e certeiro dos posts é muito bom. Mas parece que nem assim o povo vai lá...Resta-nos o direito à indignação e ao protesto...

A continuar assim arriscam-se a que um dia façamos justiça pelas próprias mãos...

Obviamente linkei o seu blog.