sexta-feira, setembro 12, 2008

Lurdes Vigia!

Calai-vos ventos intermitentes dos maus agoiros, irritantes Zéfiros e Notos, cantados de antanho por poetelhos insalubres que ora ninguém mais lê, nem ensina, porque valores estatísticos mais alcandorados se alevantam naquela praia que poderia ser uma novel Taprobana, mas não o é, prejuízo do preconceito e da estultice dos poderosos.
Lurdes vigia, a preclara governante educa a maralha torpe, os resultados estatísticos assim o confirmam, gerações de novos sábios despontam onde antes, pasmemo-nos em uníssono.
- Ahhhhhhhhhhhhh.
- Mais não existia que um marasmo intelectual, Lurdes vigia, do alto dos seus projectos, programas, actividades e demais burrocracias, a que obriga os diligentes ensinadores, transformados em mangas-de-alpaca, em meros escriturários de aparo de latão, preocupados em antes de transmitir conhecimentos, acertar a numerália em ordeiro passo para que a politiqueirice rafeira possa mostrar fazer aquilo que não faz.
Mas Lurdes vigia. Qual Cérbero das três cabeças à porta do Hades em que se transformou a Educação neste ermo de desalento e estupidificação e os Sísifos feitos mestres-escola, transformados nos vilões primordiais, ofensores dos deuses e prenhes em truques e malícias, apontados a dedo pela turba irada como fonte de todas as maleitas que enfermam e desfeiam a Educação, a eles coube rolar incessantemente a pedra vendo-a depois descambar e rolar em avalancha arrastando para o fundo a cada legislatura o seu nobre e esquecido mester, já não mais ensinam, antes desensinam.
Mas Lurdes vigia, com óculos de falcão peregrinando de asneira em asneira, sempre certa do rumo, que é qual bússola sem norte, um completo desnorte, sem que se entreveja entre os portalós da nave, imagem de boa aguada num bombordo que antes era seguro e agora é mistério, da coberta dessa nau da Educação, entre enxárcias e cabos, bujarronas, traquetes e mestras, mais copiam a carangueja e o seu macho no andar, que pra diante só arrecua.
Mas Lurdes vigia, que o seu mestre nela confia, e à porfia de economizar, me quer a mim parecer que almeja emular aquela bela ave a Poupa, que de tanto poupar faz o ninho com merda!

Um abraço deste vosso amigo
Barão da Tróia

3 comentários:

Anónimo disse...

Sim vigia, mas não nos interesses dos ESTUDANTES.
Hoje qualquer um e com cinco negativos passa.
Se isso é EDUCAR ou chama-se EDUCAR vou ali e já venho.
O SEU interesse é na CERTA o GOVERNO e o PARTIDO que a representa e claro na certeza que as hostes estejam satisfeitas com o SEU "BELO TRABALHO).

O Micróbio II disse...

E que tanta moça faz nos "pingentes" educativos!

Aril disse...

AS asneiras são tantas que já passou a ser uma diarreia daquelas provocadas por uma barrigada de ameixas verdes.
Conheço professores que passam mais tempo na GNR para trazerem os alunos de volta á escola do que o tempo que passam a dar aulas.
Actualmente ,para terem aproveitamento escolar e assim alimentar o ego dos papás,que vão ter um doutor , basta matar um ou dois professores na escola o resto é conversa.
Depois lá vem a comissão de pais,alguns de peito cheio,porque tambem mandam na Escola,quando a maioria em casa,nem abre os olhos...
Tambem para governar o que resta desta "estrumeira" em que se tornou o nosso país,qualquer assaltante de bombas de gasolina ou de caixas multibanco é mais que suficiente porque os "nossos" politicos têm mais em que pensar.