quarta-feira, setembro 19, 2007

Desafio Aceite


[Mas isso é porque aprendemos a separar a necessidade de segurança da confiança numa intervenção divina instantânea nos assuntos terrenos]
in, Uma História da Guerra, Keegan, John, Editora Tinta da China, Lisboa, 1º Edição Outubro de 2006

Aceitando o desafio de dois caros amigos da blogoesfera, a Trequita e o Bom Gigante, resolvi responder, o desafio é simples, consta de:

1º Pegar no livro mais próximo
2º Abri-lo na página 161
3º Procurar a 5º frase completa
4º Colocar a frase no blog
5º Não escolher a melhor frase nem o melhor livro (usar o mais próximo)
6º Passar o desafio a cinco pessoas

O livro que estou a ler neste momento: "Uma História da Guerra" de John Keegan, um conceituadíssimo estudioso do fenômeno militar, é uma excelente resenha, histórica, política, social e cultural do fenômeno da Guerra no seio da Humanidade.

Passo o desafio a.... sei lá, vou tirar à sorte:
125Azul
Capitão Merda
Heresias Consentidas
As the World Turns
Ruby Sackville Baggins

Um abraço deste vosso amigo
Barão da Tróia

10 comentários:

Capitão Merda disse...

Caro Barão, agradeço a deferência mas não vou poder corresponder, como aliás tenho feito perante reptos similares.
O tempo mal me dá para alinhavar as bacoradas do meu "blog", até porque só tenho hipóteses de "blogar" no local de trabalho...
Mas obrigado por se ter lembrado de mim.

C Valente disse...

Saudações amigas e obrigado pela visita

RCataluna disse...

Gostei muito da frase!

Abraço!

125_azul disse...

Herança Colonial, Tom Sharpe:"Mas gradualmente, à medida que o efeito das drogas e do seu traumatismo foi passando, começou a ter lampejos desse terrível passado."
Pronto, já está. Beijinhos, bom fim de semana

Joana Dalila Santos disse...

=)

Professorinha disse...

Já me desafiaram para esse... mas eu, para não variar, esqueço-me e volto a esquecer-me e acabo por não responder a nada...

Anónimo disse...

Capitão m....
Com que então a" blogar" no local de trabalho? Isso é que é trabalho? E ainda dizem mal do patrão!Contibuinte nacional

Anónimo disse...

Ainda bem que não fui o exemplar escolhido.
1º. Li muitos livros até atingir a maior idade e bons livros por sinal.

2º. Tenho na memória os Livros que mais gozo me deu a ler "Os Nús e os Mortos" e o "PAI TOMÁS".

Claro que existe mais, aquele Adeus ás Armas um fabuloso livro de ler.

Mas hoje com a idade dos 66 anos já não dá para ler tanto como queria.

touaqui42

Å®t Øf £övë disse...

Anda por ai mais uma corrente!!!
Ok... então vou sair de fininho sem fazer barulho...

Abraço.

Humberto Neves disse...

"As notícias do fracasso chegaram a Yatom através de uma chamada por telefone seguro feita da Embaixada em Amman pelo chefe do posto da Mossad.", Os Espiões de Gedeão - O poder e o envolvimento da Mossad no Mundo, de Gordon Thomas.

Este livro conta a história da Mossad, desde a sua criação até aos dias de hoje (1999) e relata-nos a sua implicação em casos como a morte da Princesa Diana, o atentado a João Paulo II em 1981, a queda do avião da Pan-Am em Lockerbie, entre outras.