segunda-feira, julho 16, 2007

A Desmesura

A megalomania é uma característica, Portuguesa, adoramos manifestar a nossa pequenez fazendo coisas faraónicas, a maior árvore de natal, a maior sandes de coirato, a maior rabanada, enfim não importa o quê, tem é de ser o maior, do mundo, quiçá do universo ou mais além, infelizmente o que conseguimos quase sempre é um ainda maior disparate que o anterior.

Como é que se explica esta coisa muito nossa, esta espécie de mesquinhez colectiva, que nos consome e leva a uma quasi loucura colectiva, uma alienação total, onde hordas de pategos e pategas, carnavalejam aos saltos, urros e pulos pelos espaços mediáticos onde ocorrem estes arrais de estupidificação colectiva, a nossa pequenez fica sempre espelhada na grandiosidade destes mega eventos da cretinice, aquela coisa muito nossa de olhar por cima do ombro para ver o tamanho da do vizinho, enquanto micta, este voyeurismo nacional, que surpreende sempre, sinceramente não sei explicar, talvez seja genético, pois que agora tudo é genético.

Estabelecer uma relação entre esta grandiloquência surreal e a pequenez surda do disparate é fácil, nós somos tanto mais propensos a estas manifestações como somos um falhanço completo como povo, a nossa capacidade de obliviar o importante e sacralizar a estúrdia é algo que deveria ser objecto de estudo, ninguém como nós relativiza os reais problemas desta terra e se atira com tanta gana e fervor a comemorar a vitória de um clube de empurra bolas num qualquer campeonato farroupilha, nessas alturas os apóstolos da ufana urbanidade coloquial atiram-se às massas como gato a bofe, bandeiras desfraldadas ao vento, discursos inflamados, lágrimas e abraços, cachecóis, ursinhos de peluche, miúdos e graúdos, embarcam numa espécie de “Bacannalia”, irmanados numa irracionalidade colectiva, que a mim me assusta, bramem, suam, até à exaustão, preparam-se para morrer, os excessos das libações báquicas toldam os espíritos e os corpos fedendo a suor, a vómito e a ranço acotovelam-se em borbotões, pára-se o trânsito, defeca-se na esquina, toneladas de desperdícios atulham as ruas enquanto esse cortejo fúnebre, parábola de uma sociedade já cadáver, cujos eflúvios tresandam, arrasta a turba ao êxtase da insanidade, os pobres sandeus esbulham-se para dizer, eu estive lá! Pane et Circus, diziam os outros há uns milhares de solstícios.

A desmesura deste tipo de manifestações faz pensar. Imaginem o que este povo não seria capaz, se, ao invés de ser esta massa embrutecida de canhestros, de bois mansos, esta gentalha, fosse uma grande e irada manada de toiros bravos, de toiros com grandes tomates negros impantes de raiva e orgulho, mas infelizmente não é nada disso que temos, o que por cá passeia é esta pategada insalubre e labrega.

Imaginem o que, esta multidão arrastada por ideais de humanismo, civismo, cultura e cooperação, não conseguiria fazer, ao invés de torpes manifestações de patriotismozeco de quinta categoria e arroubos de insanidade canhestra motivada por imbecilidades de grandeza, que coisas fantásticas não conseguiria esta gente, que fantástica seria esta terra, para quando perceber que o “El Dorado” está aqui, porque aqui vai havendo o que noutros lado falta em demasia, para quando perceber que a grandeza não se mede por estúrdias e recordes, mas por civismo, cultura e humanismo, para quando senhores perceber que podemos ser grandes sem sermos estes grandes parvos, para quando?

Um abraço, deste vosso amigo

Barão da Tróia

22 comentários:

RCataluna disse...

A maior sandes de coirato era bem, com uma bejeca geladinha:)

Excelente post, como é hábito!

Abraço!

Isabel-F. disse...

"...
mas infelizmente não é nada disso que temos, o que por cá passeia é esta pategada insalubre e labrega.
...
"

está óptimo o teu texto... não pude deixar de sorrir pela raiva que consegues transmitir neste teu texto...

mas claro ... tens toda a razão ...

sem dúvida chegamos a ser ridículos....

bjs e boa semana

AnaCristina disse...

Adorei o teu texto e sabes o que me lembrei logo? Do Berardo... que saiu pobrezinho ('tadito) e agora vem esfregar o dinheiro na cara dos Portugueses...

Alien David Sousa disse...

Barão, ah pois é!
"para quando senhores perceber que podemos ser grandes sem sermos estes grandes parvos, para quando?"

Gostei bastante do texto. Mas somos mesmo parvos. E só me provam o contrário nas próximas eleições. Quando mandarem a Sócretina dar uma volta. Sei que não é esta a "prova" que tu pretendes, mas para mim já seria uma demonstração de que afinal o povo português está a acordar e essas Sandes de coirato aí referidas começam a ser secundárias.
Saudações alienígenas

António Lisboa Gonçalves disse...

Caro Barão:
Eu já não tenho ilusões de que ainda poderíamos dar a volta ao actual estado de coisas, infelizmente!
A pategada insalubre e labrega, que por cá passeia, está muito bem assim e não merece mais.


Abraço

Manel do Montado disse...

Caro Barão

A horda republicana partidarizada a multicores pretende isso mesmo que muito bem e de forme eloquente referes no teu post.
Hajam brutos apategados e saloias adjacentes que apreciem as faraónicas obras e tudo vai a contento.
Os portugueses, e não é de agora, são, por definição, um povo de borregos a quem vão servindo palha pintada de pasto reluzente e verdejante disfarçada de cultura.
Há-os aos centos nos cafés e esplanadas do país que após lerem as parcas linhas de um qualquer pasquim se julgam informados e eruditos.
O Povo esqueceu a Patuleia e a vergonhosa Convenção do Gramido, assim como a “Quádrupla Aliança”.
Um povo destes, a que pertenço mas me excluo, é merecedor da classe dirigente que tem. Permite-me a expressão que um dia usei para com um chefe, mas com as necessárias adaptações:
Para um povo de m****, políticos de merda.
Um abraço

Capitão Merda disse...

Não tenha ilusões, Barão!
Já não há volta a dar...

Utzi disse...

Tens razão...

Um beijo e boa semana.

Francis disse...

caga nisso. A malta quer é fogo de artifício!!!

Au point! :-)

abril disse...

Agora para um desgraçado se reformar,não basta o douto parecer da "sábia"junta médica,são também precisos os dados da Certidão de Obito,depois de efectuada a autópsia na presença dos ministros da saúde e da segurança social...

O José Saramago é que tem razão...porque é que o D.Afonso Henriques o tempo que andou a dar porrada na mãe,não esteve quieto,para ben de todos nós?


Um abraço,amigo.

pé descalço disse...

Barão

Normalmente, quando os Povos não têm educação à altura nem capacidade de aprendizagem própria, o resultado é esse que tu muito bem descreves.
E ainda vai levar uns anos até que a maioria das pessoas abra os olhos, porque conforme a História relata, por vezes é preciso cair bem fundo para ganhar consciência dos problemas reais que afectam a nossa vida individual e colectivamente...

um abraço

O Provedor disse...

De facto, meu caro Bar�o, parece que s� esta coisa do futebol � capaz de mover montanhas, porque de resto... vende-se muita televis�o e muita tralha � custa disso, idolatram-se os ac�falos da bola porque t�m vidas id�licas (sabe Deus o que l� vai), e porque
"comem muitas gajas". O dinheiro que paira � volta disto fazia maravilhas neste pa�s, se devidamente aplicado. E os tipos ainda s�o contra pagar os devidos impostos!!!
E arraia mi�da identifica-se com isto a ponto de deixar de pagar a escola dos filhos para largar dinheiro para esta cambada de chulos!
Muito de apraz o seu blog, Bar�o. Voltarei.
Bem haja,
O Provedor

deep disse...

Sem dúvida!

Fica bem. Bom resto de semana. :)

A. João Soares disse...

Caro Barão,
Um texto muito bom, cheio de força, que arrasta os mais impassíveis. Coloquei no Do Miradouro um sobre as ovelhas de Cabeceiras de Basto e do Allandroal, mas está longe deste seu poder de atracção de vontades de revolta contra os bois mansos que se prestam a ser usados em troca de um coirato e uma bejeca. Se tiver curiosidade faça uma visitinha a De quem foi o funeral?.
Abraço

Cucagaio disse...

Hoje é o que estar dar, futebol, sardinhas e quim barreiros, é isso que o meu povo quer.

Anónimo disse...

Pois como o dizes estamos sendo enganádos e á grande por este Governo.
Parecemos carneiros a caminho do matadouro , quantos mais morrermos mais eles ficam com o bolo.
Vê como salta uns MILHÕES no ar depois das eleições para a CMLISBOA.
VÊ como existe milhões para uma Empresa de Estradas com milhões dos contribuintes.
Afinal pagar as AutoEstradas é pouca coisa dos manganos, quem não quer circular por ela que vá pelas alternativas que são uma "MARAVILHA" , teem altos e baixos e burácos de todos os tamanhos, como um carrousel e os carrinhos de choques.
Aproveita e bebe a bejeca com os courátos, caga nisso , aproveita e vê o futebol que vem ai na sua pujança de milhões.
MILHÔES MILHÕES, compra papel higiénico cor de rosa.
touaqui42

Diogo disse...

Infelizmente esta multidão arrastada só delira com estádios, Otas e TGVs.

p disse...

Pois meu caro Barão... (Pane et Circus), a isso eu acescentaria "futebol". Infelizmente alguns dão valor a mais a este fenómeno que se verificarmos tem sido sempre um grande pomo de discórdia mesmo dentro de algumas familias...Há muito atrazo mental a nevegar nestas águas. E mais do que nunca o velho ditado popular; "chama-lhe filha antes que ela te chame a ti..." tem razão maior para se aplicar a uma enorme multidão que endeuza a bola. Há limites para tudo e a razão esmifra-se ràpidamente... Boa sorte.

paraquedista disse...

O raio do coment não fica com o endereço como link, mal feito...
www.paraquedista.blogs.sapo.pt
Continuação de boa sorte.

feel it disse...

ainda se as nossas manias de grandiosidades tivessem como ambição coisas realmente interessantes...

Savonarola disse...

Pois é, povo triste, este. Estou em crer que a raiz do mal que nos afecta está na completa incultura, fomentada por séculos de poder arrogante. Governos sobre governos, pelo menos desde o tempo de D. Dinis, lançaram alicerces culturais que ali ficaram, petrificados, sem gente... Depois também há os outros (des)governos, a quem o último que interessa é que o povinho se cultive. Ó da guarda, que aí abria os olhos e era vê-lo destroná-los!
Um abraço anarquista

日月神教-任我行 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,a片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,性愛