sexta-feira, maio 25, 2007

É só Rir

Realmente não há, como os nossos políticos para fornecerem material cómico para que a rapaziada da escrita humorística nos delicie com horas infinitas de gargalhadas, se não vejamos.

Qual desejado, Carmona atira-se de novo ao canelo da capital, não contente com o espectacular afundanço da cidade capital, ao qual não será alheio a passagem desse furacão do esbanjamento que dá pelo nome de Santana, Lisboa soçobra atolada na trampa em que vários canhestros nos últimos 20 anos a enterraram, umas atrás das outras, percebem-se as palhaçadas, a má gestão a incúria geral, é de morrer a rir com isto.

Pinho esse inefável tratado de humorismo, foi contratado pelo PM, precisamente para dizer de quando em vez umas patacoadas para que a malta rebente a rir, para que ria tanto que até doa a barriga, desta vez e de novo escancarou a bocarra e lá saiu mais uma grossa asneirada, prometia não sei onde que os 500 desgraçados da Delphi que vão para o olho da rua, iriam ser reintegrados noutra empresa, de imediato o seu secretário de estado, um tipo um pouco mais ajuizado veio repor a ordem, mais uma do Pinho, esse folgazão incurável.

Negrão, Costa e Correia, andam a correr atrás dos velhinhos, à caça de votos, quem viu aquelas encomendas eleitorais na TV, não pode deixar de rir e rir muito, com a falta de jeito das criaturas, com o ar de enfado dos pobres velhotes, a olhar para eles. Mas atenção, os cavalheiros não foram visitar um qualquer lar daqueles da Segurança Social ou dos ilegais, não, eles foram visitar lares de ricos, todos arreados de protocolo, mesmo na ânsia da caça ao voto eles escolhem o melhor para não se chatearem muito, como os odores e outras coisas. Entre os três venha o diabo e escolha, se um pouco vale o outro menos ainda e do outro nem falar. Um é para queimar, outro é por desespero e outro foi empurrado, porque não há mais ninguém e queimado já está.

Lino, sabendo de antemão que Portugal é o único país da Europa que corre o risco de ver certas áreas do seu território ficar parecidas com o Sahara, atirou a bojarda e chamou deserto à margem sul, o homem é um humorista nato, como prova a graçola que atirou sobre ser engenheiro e pertencer de facto à Ordem dos Engenheiros, mas a nova piada caiu mal aos beduínos da outra margem, a malta farta-se de rir com estes camaradas.

Realmente para além de um país de poetas, somos um país de comediantes, ainda dizem que somos um povo triste, nós tristes, é mentira, temos um dos maiores sentidos de humor do mundo só assim se percebe que ainda aqui estejamos a viver.


Um abraço, deste vosso amigo

Barão da Tróia

13 comentários:

Dalila disse...

Eu nem diria um país de comediantes, somos mesmo é um país de palhaços.

antónio paiva disse...

.......................

esta gente quer é poleiro, destaque, evidência

é mais um passeio da vaidade


...............................

Abraço

Sininho disse...

Para falar sinceramente, a sensação que me ficou ao ouvir o Mário Lino a discursar, no fim dum almoço, foi a de que o homem estava etilizado, para me expressar de forma simpática.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Barão:

Desta vez não resisti a dar uma valente gargalhada ao ler o texto do meu caro amigo.
É costume dizer-se que cada povo tem os governantes que merece... e eu sou apologista dessa teoria.

Já tivemos pior... e estou convicto, que até o Barão prefirirá estes a darem erros de palmatória... a uns castelhanos a fazer lembrar 1640.

Um abraço deste seu amigo,

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

é só anedotas...
beijos e bom fim de semana

Anónimo disse...

Dando uma gargalhada de DESPREZO por uma semana bem passada com os ANEDOTAS do GOVERNO que fizeram rir ás gargalhadas os PORTUGUESES com os seus TRUQUES DE ILUSIONISMO, então não é que se vem a saber que a OTA está em rota de COLISÃO num caso de haver SISMO.
Fiquei abanádo e todo eu tremi pensando que era já um TREMOR mas afinal era um TREMOR de FRIO nos ossos por ver a BANDALHEIRA que PORTUGAL se encontra.
Sabe amigo barão os TIPOS querem POLEIRO mas não conseguem segurar-se só com uma PATA e nem fazer o QUATRO ehehehehehehehahahahahahah.
touaqui42

padeiradealjubarrota disse...

Pois a mim dá-me vontade de lhes pregar com a 'Pá' na cachimónia.
Isto não é uma comédia, é um teatro trágico. Essa, de andarem apaparicar os velhinhos, é asquerosa e mete dó.

Savonarola disse...

É de rebentar a gargalhadas!!! Só que se arriscam a acumular tanto disparate que já ninguém os toma a sério. Nessa altura é que vou rebolar pelo chão de tanta gargalhada!!!
Um abraço amigo

abril disse...

Palhaços por palhaços gostava mais do "Anhuca" do "Quinito" e do "Batatinha".Um abraço

SA disse...

esqueceste-te de referir os candidatos do PNR e o gonçalo da câmara pereira que tbém é cxandidato e promete dar um barco a cada escola de lisboa... realmente é tudo muito anedótico... quanto ao aeroporto na ota... completamente de acordo, mas é porque sou da zona oeste

Daniela Mann disse...

Vai buscar mais um prémio ao meu blog! ;)
Abraços da Daniela

A. João Soares disse...

Apreciei o anedotário e os comentários anteriores. Mas, como não cultivo as certezas e prefiro as dúvidas porque me estimulam o raciocínio, nem si se isto é para ris ou para chorar. O povo português, nós, temos os governantes que merecemos. Somos uma porcaria.
No Do Miradouro e no Do Mirante tenho vários posts sobre as anedotas da Ota.
Se fosse do Oeste e não fosse imparcial e isento, poderia defender o aeroporto ali. Mas, como não se verificam essas condições, fico na dúvida e sou todo ouvidos aos argumentos que me esclareçam. Mas os doutos argumentos dos grandes intelectuais do PS empurram-me para o outro lado, para o deserto faraónico do Lino ibérico em extinção na Malcata. E por, por vezes prefiro ficar por ca-Lino, porque em Lisboa até não está mal, pois por cá há gente,escolas, hospitais, igrejas, hotéis... sim porque na cidade não há deserto!!!
E, nem ficava mal na baixa com duas pistas, uma na Av da Liberdade e outra na Av Fontes Pereira de Melo.

Um abraço

Diogo disse...

«Realmente não há, como os nossos políticos para fornecerem material cómico»

Benvindos à segunda emissão da TV Blogo:

Confirmaram-se, infelizmente, os piores receios de Almeida Santos quanto à possibilidade de um atentado às pontes sobre o Tejo no caso da construção de um novo aeroporto na margem sul do rio. Num comunicado, colocado há pouco na Internet, Ayman al-Zawahiri, o número 2 da Al-Qaeda, ameaça fazer explodir as pontes caso seja essa a opção do governo Sócrates.

Também nos Estados Unidos, Jon Stewart do Daily Show traz-nos a notícia de mais um atentado falhado de seis islamitas radicais contra um quartel americano. Ao que parece, os terroristas não sabiam que, na América, os quartéis são os locais onde são guardadas a maior parte das armas e onde estão as pessoas treinadas para as usar.

Vídeo - 5:43m