segunda-feira, março 05, 2007

À Saúde!

A fazer fé em números, adiantados pelos ministérios competentes, 1 milhão e 750 mil Portugueses, têm mais de 65 anos, 750 mil não têm essa maravilhosa instituição que é o “médico de família”por exemplo aqui na minha região de saúde o estado desistiu de abrir concurso para colocação de médicos, das 17 vagas a concurso, colocadas à disposição dos senhores Doutores, nos últimos 3 concursos só 4 foram preenchidas, daí resultando que só aqui na região 50 mil pessoas não tenham médico de família, 2600 tem reformas superiores a 4000 mil Euros, porém 300 mil vivem com reformas de pouco mais de 300 Euros, 2 milhões vivem com 80 cêntimos por dia e cerca de 1 milhão têm de fazer 40 50 ou mais quilómetros para serem atendidos nos mais elementares procedimentos de saúde, fisioterapia, receitas, pensos etc.

Este são números oriundos dos ministérios, não são extrapolações empíricas da minha pessoa, são números que certamente deveriam envergonhar, qualquer país dito civilizado ou qualquer sociedade, pois parece que não, ao que parece estamos todos muito descansados, a começar pelos senhores ministros, mas claros esses usam as clínicas privadas dos amiguinhos.

Analisando os números, dá para perceber, que estamos a envelhecer, que a malta não se reproduz, claro, quem têm filhos sabe a luta, que necessita de fazer para os criar, os incentivos à família, não existem, os diferentes subsídios são esmolas ridículas, que deveriam envergonhar os senhores do poder, as licenças de maternidade e paternidade são vergonhosas, ou seja os governos têm feito tudo para que as pessoas não tenham filhos, excepto claro está a rataria subsídio dependente, a esses tudo é dado.

A figura do “Médico de Família” é um modelo que está esgotado, que não funciona, que só complica, ao invés de andar a fechar urgências, maternidades e centros de saúde o senhor ministro deveria era abrir mais, e sobretudo acabar com a vergonhosa negociata dos senhores doutores e obriga-los a trabalhar, caso não hajam médicos portugueses que recorra aos espanhóis, aos russos, aos ucranianos a quem quiser trabalhar, porque estão aí disponíveis centenas de excelentes profissionais dessa área, claro que o senhor ministro não tem coragem para afrontar a poderosa Ordem dos Médicos, ordem essa que tem feito gato-sapato de todos os ministros da saúde dos últimos 20 anos, incrível, mas verdadeiro.

Com tanta gente com reformas miseráveis como é possível que este Estado, continue a permitir que mangas-de-alpaca de quinta categoria continuem a auferir as gordas alcavalas da reforma dourada que auferem, o afã reformista dos senhores governantes esgota-se no “fait diver”, ao que é verdadeiramente necessário mudar, finge-se não ver, é vergonhoso, ver estas sanguessugas a engordar com o sangue dos outros, isto numa alegada Democracia ocidental, num alegado país desenvolvido, com TGV, Banda Larga, modelos finlandeses e choques vários, sendo que o maior choque é verificar que isto é tudo uma grande mentira, não há democracia nenhuma, não há justiça nenhuma, a única coisa eu existe é o poder do dinheiro, quem tem faz o que quer quem não tem que se desenrasque.

Como sociedade, somos uma vergonha, uns bandalhos miseráveis, sempre prontos a abraçar as causas mais estúpidas e cretinas, esquecendo-nos de olhar para dentro, para a miséria que grassa nesta terra, vivemos de aparência na lufa-lufa do faz de conta e do nacional porreirismo, castrados e encarneirando nos grupelhos de ocasião, preocupados com as novelas e com quem dorme com quem, como sociedade somos uns imbecis completos, obtusos até ao tutano, sempre dispostos a ajudar, sem porém nos conseguir-mos valer a nós mesmos. À vossa Saúde! Nem a propósito vejam este artigo no jornal de Almeirim.
http://www.almeirinense.com/almeirinense/index_noticia.asp?id=1542

P.S. – Obrigado a todos a gripe tá melhor, com uns tintos, isto vai.

Um abraço, deste vosso amigo

Barão da Tróia

40 comentários:

Rosario Andrade disse...

Bom dia Barao!
Como tens razao! Salvaguardando o facto de seguramente havar medicos de familia capazes e eficentes, a verdade é que todos sabemos de coisas que nao deviam acontecer.
O medico que serve a minha aldeia vai la uma manha por semana. A consulta dele consiste em perguntar "Entao o que é que quer hoje?". Um dia o meu pai respondeu-lhe "Olhe queria batatas e bacalahu!". A minha mae diz que nunca lhe mediu a tensao ou realizou qualquer outra observaçao. De vez em quando ela la lhe pede para fazer umas análises e pronto, la passa as receitas (de medicamentos carissimos mas qu existem como generico, e mudando-os ao sabor do vento (!!!???))
Assim vai o reino luso...

Bjicos

eu mesma! disse...

eu sempre ouvi dizer que quem não tem dinheiro não tem vicios, mas o Sr. Campos não ouviu ou finge que nunca ouviu, pois com a febre de fazer hospitais em PPP, (claro que não precisa de dinheiro agora!) até os nossos netos ficarão endividados! depois vem com a demagogia de fechar urgencias e maternidades porque os medicos não vêem doentes suficientes e assim vão ficando desactualizados e é um perigo para os doentes! Valha-nos Deus que este gajo não vai valer senão aos queridos...

Andreia do Flautim disse...

Que raio de ideias fecharem os postod médicos...

Klatuu o embuçado disse...

Já pensaste que nada disto é por acaso?
Pensa comigo: Governar este País é uma canseira... e a culpa é dos Portugueses... Ora, se morrerem mais, haverá menos chatices. Aliás, eu acho que este País sem população seria um paraíso!!

Abraço.

Anónimo disse...

Antes de mais e antes que me esqueça as tuas melhoras da GRIPE.
Com um bom tintol e uma boa aguardente curas a mesma.
Lá que explicastes tudo direitinho sobre a SAUDE desta POCILGA lá explicastes.
Mas por ventura alguém está interessádo na questão da SAUDE.
Os teus NUMEROS não são INVISIVEIS não , eles existem apesar do MS dizer que não.
Mas eles preferem comprar PAPEL HIGIENICO para WC e agora com LIXO ao KILO até que sabe bem.
Os PORTUGUESES esquecem-se de um PORMENOR , quando estes MELROS do GOVERNO derem á SOLA não ficam com as RESPONSABILIDADES da PORCARIA que fizeram.
O POVO ficará de novo com a CORDA na GARGANTA e mais pedidos de CONTENÇÃO.
Áh , mas insistem na CONSTRUÇÃO do AEROPORTO da OTA, VALENTES POLITICOS , não são eles que vão PAGAR.
Essa resposta do batatas e bacalhau , e o azeite e a couve ?.
Ai valha-nos o DESEJÁDO SEBASTIÃO.
touaqui42

Utzi disse...

Um beijinho e boa semana :) Vê se curas de vez essa gripe!

Klatuu o embuçado disse...

Melhor que este? http://cronicasdapeste.blogspot.com/2006/05/invaso.html

Abraço, Barão!

Klatuu o embuçado disse...

...html.

Betty Branco Martins disse...

Olá Barão

De vez em quando passo por aqui é um "espaço" que me agrada (embora eu nunca tivesse o privilegio da sua visita) _________mas mesmo sem ser convidada eu vou passando:))

Estou plenamente de acordo com aquilo que diz.

Infelizmente parece que nós os portugueses - por qualquer motivo (que desconheço) não temos políticos que se queiram empenhar na feitura dalguma coisa - por este nobre povo

É uma verdadeira vergonha - a saúde - educação em Portugal.

Conheço vários países da Europa (vivendo mesmo em alguns) e o que se passa em Portugal é de facto INADMISSÍVEL – VERGOLHOSO - com isto não quer dizer - que somos melhores ou piores que os outros__________QUER DIZER QUE OS VAMPIROS ESTÃO VIVOS E MUITO ACTIVOS!!!

Os portugueses estão embalados pela demagogia dos "senhores" estão numa espécie de "limbo" - têm que "acordar" romper com a cortina de nevoeiro - e ver a realidade do nosso país pelos próprios olhos - e dizer em uníssono - NÃO!NÃO!!! SEM MEDO!

Parabéns pelo post

Um abraço
BSemana

Carlos Gil disse...

melhoras, 'vizinho'! (já li que elas vieram, ainda bem)
da saúde... da saúde não falo antes que me calhe ao tinteiro ficar doente :-(
abraço

RCataluna disse...

lExcelente texto!

Um abraço e boa semana!

Quintanilha disse...

Tem razão quando afirma isto:
"...Como sociedade, somos uma vergonha, uns bandalhos miseráveis, sempre prontos a abraçar as causas mais estúpidas e cretinas, esquecendo-nos de olhar para dentro..."
Sabe que mais? Ao contrário do que possa parecer, a raça é fraca! O português, regra geral, é um ser mesquinho e invejoso, só critica e pouco faz para mudar o actual estado de coisas.
Toda a gente entende "Que é necessário tomar medidas"... mas, desde que não nos afectem. É necessário tomar medidas para o vizinho do lado!

missixty disse...

Dou-te toda a razão! Existe muita gente que gosta de ajudar só causas daquelas que ficam bem vistos, é tudo aparências!!! Já mandei umas bocas em alguns blogs que dizem que mandam dinheiro para a judar os pretinhos e outras coisas, extras Portugal! Até parece que nós aqui não precisamos de nada, para se andar a esbanjar para fora!! Primeiro os nossos!

lifeyes disse...

Bolas que isso por aí anda mau, ai anada anda

(poxa tava dificil lembrar-me deste blog...foi preciso vasculhá-lo todo)

sem-comentarios disse...

É o governo que nós temos, uma vergonha :)

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Barão:

Permita que deixe alguns dados oficiais:

-De acordo com dados publicados pela Comissão Europeia, 20 por cento dos portugueses viviam em 2004 abaixo do limiar de pobreza - fixado em 60 por cento do rendimento médio nacional depois de incluídas as ajudas sociais - contra uma média comunitária de 16 por cento.

- O risco de pobreza em Espanha, Irlanda e Grécia, os antigos mais pobres da UE, está exactamente ao mesmo nível de 20 por cento que Portugal, apesar de os seus níveis de rendimento serem muito superiores: o PIB irlandês ascendeu, em 2004, a 141 por cento da média da UE, o espanhol a 100 por cento e o grego a 84,8 por cento.

Fonte:
http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1286192&idCanal=90

Não nego que a situação está má, que todos devemos trabalhar mais para a melhorar, mas não vai ser nenhum governo que nos vai fazer produzir mais... seja ele qual for.
Nem aqui nem em qualquer outro país.

A malandrice e o desleixo é que já vêm de pequenos.
Toda a gente reinvindica direitos e pouco trabalho... são uma cambada de oportunistas.
Reivindicam emprego... mas ninguém reivindica mais trabalho.
Depois temos o PIB que se vê.

Sem haver riqueza... ela não poderá ser distribuída.
Portugal... somos nós todos... para o melhor... e para o pior.
Boa semana.
Um abraço,

Capitão-Mor disse...

Apesar do modelo social dos países nórdicos estar em crise, acredito que ainda seja o modelo mais completo a nível de assistência social.
Também considero caricata essa situação das vagas para médicos no interior do país. Será que os médicos são assim tão importantes para se recusarem a viver em cidades de província. Sempre acreditei que esse era um dos encantos da profissão...Mas entendo perfeitamente que lá eles não podem ter o grande "tacho" das consultas particulares que só têm mercado nos grandes centros.

chuvamiuda disse...

................

eu logo vi que recorrias à medicina não convencional

a famosa farmácia do TINTO

:)))

.................

Abraço e noite serena

padeiradealjubarrota disse...

Assino.

isabel mendes ferreira disse...

:))))))))))))))


idem idem aspas aspas.....:))))
__________________


obrigada.

(e se isso acontecer....espero que o diga...)


beijo.

e tb uma excelente semana....

Blossom disse...

Apesar de hoje já ser terça feira, passo para desejar um resto de boa semana :D

Visi disse...

ORA VIVA!!!A pedido de mts familias voltei!!!olololol...volta tu tb!!!


ex-visionaria

125_azul disse...

Eles bem tentam que a malta morra toda de uma vez! Cheira-me a sociedade com alguma multinacional funerária! Tentei comentar várias vezes as delícias das tuas manhãs gripais, mas desde que mudei para o Beta quase não consigo postar ou deixar comentários. Modernices! Beijinhos, melhoras e beijinhos para ti e para o rebento pequenino

Aragana disse...

E nós? Que fazemos nós?

Andamos todos eufóricos porque vêm aí um novo Big Brother!!!!!


AHHHH tirem-me deste país!

Teresa Durães disse...

(desculpe, não li, não ando com muita disposição. Vi o seu comentário na Menina Marota acerca das lutas de cães. Sei disso. Informaram-me que existia no Montijo e bem perto da minha casa. Não sei como se lida emocionalmente com estas coisas. O desaparecimento é algo terrível, não há o encontro nem um fim. Obrigada de qualquer modo pelo comentário. Deveria-se falar mais sobre as lutas porque o que está em jogo para além da barbárie é o dinheiro envolvido. 5000 euros a aposta, informaram-me também. Bom dia)

Diabólica disse...

Infelizmente, para nós, continuamos a ser governados por um grupo de bandalhos.

E eles são como um polvo, têm as suas ramificações em todas as instituições.

Infelizmente, nós n temos políticos que se queiram empenhar na elevação deste país e do seu povo.

Pois é, se eles vivem à grande, para quê preocuparem-se connosco??!!

O nosso serviço de saúde é uma vergonha, a nossa educação vai pelo mesmo caminho e por aí fora...

Cabe na cabeça de alguém que os médicos n queiram ir para o interior do país????

E o pior é q ng faz nada.

Estou contigo, venham os ucranianos, os romenos, sejam eles quem forem desde que sejam competentes e queiram trabalhar.

Beijinhos.

A Sonhadora disse...

Sempre ouvi dizer...abifa-te, abafa-te e avinha-te...kkkkkkkkisto é remédio santo....pr'ás gripes...claro....eheheh
Obrigada Francisco, pelas constantes visitas ao meu humilde cantinho(nada parecido com o teu)kkkkk, vai-se fazendo qualquer coisita...
Um abraço da sonhadora

Adryka disse...

Eu não me posso queixar pois vivo numa cidade capital de distrito. Mas sei que existe muita disigualdade por esse país fora. Mas também te digo desta gente que nos governa ou dos políticos que temos não se agoura nada de bom para este cantinho ao pé do mar plantado e que tão má gente tem a povoá-lo agora. Bjs

Isabel-F. disse...

".....
sendo que o maior choque é verificar que isto é tudo uma grande mentira, não há democracia nenhuma, não há justiça nenhuma, a única coisa eu existe é o poder do dinheiro, quem tem faz o que quer quem não tem que se desenrasque."

infelizmente é a triste verdade ... que julgo não se modificará nunca ... e a culpa é nossa ...

o teu texto, como sempre ... está uma maravilha

bjs e bom fim de semana

Dad disse...

Olá Barão!

Pois é...a saúde está doente...em Portugal!

Um beijinho e obrigada pelas vezes que tens passado lá pelo meu Momentos de Luar!

Talk Talk disse...

O tinto sempre foi cura para muitas maleitas!! Se calhar é o que falta no nosso sistema de saude!

Um abraço

SA disse...

tens muira razão naquilo que dizes no teu texto, sobre tudo o último paragráfo: sobre o modo de pensar e de agir dos portugueses.

Casemiro dos Plásticos disse...

voce disse ministérios competentes? lolol

Belzebu disse...

Meu caro Barão, não posso concordar mais com este teu diagnóstico da lusa anormalidade. Chega a ser doentia, esta tendência para ou não fazer, ou fazer mal. Talvez uma das razões seja a autentica impunidade,totalmente enraizada na nossa vida social e política.

Excelente post. Saudações infernais!

Klatuu o embuçado disse...

Não se «trata da saúde» às pessoas certas...

Abraço.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Barão:

Bom fim de semana.
Um abraço,

Professorinha disse...

Enquanto não houver mais médicos isto vai ficar assim durante muito tempo...

missixty disse...

E tu és do estilo de chorar baba e ranho?

Su@vissima disse...

Nós somos o reino do:
Nem PAZ!
Nem PÃO!
Nem SAÚDE!
Nem EDUCAÇÃO!

Raio de "républica das bananas", ao menos que fosse invadida por macacos!

Um beijo daqui.

桂綸鎂Diana disse...

cool!very creative!AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色