terça-feira, janeiro 02, 2007

Os Velhos Contos de um Ano Novo

Eis que desponta o novo ano, o 2007 da graça do Senhor, um ano que gostaria que muitas coisas mudassem para sempre, idealista, que a paz e concórdia existissem de verdade, utópico, senão não valerá a pena embandeirar em arco sempre que se passa mais um ano, para que tudo fique igual.
Neste novo ano gostava, que alguém finalmente, fizesse algo em prol das crianças em risco, que alguém finalmente tivesse a coragem de dizer que a Comissão de Protecção de Menores é uma anedota, que nada faz, se calhar por falta de meios. Ficaria encantado se alguém, pensasse em colocar a questão da segurança destas crianças acima de qualquer interesse, seria realmente algo a comemorar.
Gostava de finalmente assistir a julgamento em que um médico fosse efectivamente condenado por negligência médica, gostava de ver a grosseira farsa que se vive neste país, onde as classes vivem acima das leis, gostava de ver essa farsa terminar, gostava de ver os farsantes enjaulados, gostava de ver o senhor doutor perder a arrogância e a licença, assim à laia daquilo que se faz noutras paragens onde as coisas são sérias.
Gostava de ver um ministro, verdadeiramente sapiente e dominando as matérias do seu ministério, que ao invés de perder tempo e gastar dinheiro em estúrdias comissões de investigação para apurar se ouve falhas por parte de deste ou daquele, fizesse algo para finalmente criar uma polícia marítima em condições com meios adequados e que não demore 5 horas a não salvar uns pobres desgraçados que morreram só por viverem num país de trampa como este.
Gostaria de ver um Natal e um fim de ano onde não se morresse de forma estúpida, nas estradas desta terra, gostaria de estar num país onde a estupidez o desrespeito e a boçalidade não sejam a marca dos seus habitantes, onde se morre mais a conduzir do que em sítios onde existe guerra.
Gostaria de ver um corrupto condenado, um qualquer desses milhares de borra-botas, patos bravos que por aí circulam, com os bolsos cheios do dinheiro sujo das negociatas e falcatruas, da construção do futebol das câmaras e de todos esses antros de intrujões que este país acoita sob a capa de pessoas de bem, gostaria de ver pelo menos um condenado.
Gostaria de chegar ao fim do ano e não ter nada para dizer, não ter assunto, não ter absoluta e rigorosamente nada para dizer, deste país, sei que é utópico, sei que é sonho, mas caramba, não é o sonho que comanda a vida! Que sempre que o homem pensa a obra nasce, então, com mil raios, que estais à espera?

Um abraço, deste vosso amigo
Barão da Tróia

21 comentários:

Blossom disse...

Espero que tenhas tido uma escelente saída do ano conturbado que foi 2006, e que as entradas em 2007 tenham sido as melhores possiveis.

Desejo também que seja um ano milhões de vezes melhor que o passado...que de coisas ruins e más já estamos todos fartos.

Um muito bom 2007 e uma boa semana :)

Andreia do Flautim disse...

Olá!

Pois é, há muitas coisas que podiam ser mudadas, mas parece que é mesmo utopia.

Beijos

Eric Blair disse...

É tão lindo acreditar no pai-natal... :)

eu mesma! disse...

pois é, mas podes ir tirando o cavalinho da chuva que neste rectangulozinho à beira mar plantado, isso nunca vai acontecer!

Um novo ano cheio de sucessos!

chuvamiuda disse...

.............

Bom Ano


Abraço

Luna disse...

Bem afinal o que querias era mudar de planeta.
Como era bom que algumas coisas fossem diferentes
beijos

Conceição Bernardino disse...

Olá
Nasceu um novo sorriso em 2007, pois podemos estar longe mas o mundo torna-se pequeno quando te sinto por perto.
Obrigada
Beijinhos
Conceição Bernardino

Daniela Mann disse...

Espero sinceramente que esses desejos se tornem realidade! Se assim for, nunca mais ninguém poderá dizer que os milagres não existem! he he he
Beijinhos meu amigo

missixty2000 disse...

Realmente é inadmissível o que aconteceu aqueles pescadores, uma vergonha!Gasta-se tanto dinheiro em coisas supérfulas e naquilo que realmente é preciso, não se investe.Estou contigo, em tudo o que disseste!!!
Umas boas entradas para ti!

Trequita disse...

Como é bom sonhar! é pena mas é realmente uma utopia...

Isabel-F. disse...

Assino por baixo das tuas palavras.
Tb eu gostaria de ver tudo isso acontecer ...

seria bom...

Bjs

-- An ordinary girl disse...

Estou, claro, de pleno acordo contigo e desejo-te um ano novo um pouco mais fácil e um pouco mais feliz, do que o que passou.

Um beijo!!

sem-comentarios disse...

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades...já dizia o poeta...mas tudo continua na mesma...como a lesma :p

bom ano **

Jade disse...

qazoxmOlá Barão! Espero que tenhas passado um bom fim de ano. Relativamente ao teu post, gostaria, tal como tu, de ver a Segurança Social que entrega filhos em risco às famílias a responder em tribunal por todas as decisões erradas que tem tomado. de todas as coisas que mencionaste, a violência e maus tratos sobre crianças é aquela que mais me aflige.
Fica bem!

geo disse...

bom ano!

Andesman disse...

Gostaria também de termos uma Justiça que conseguisse condenar os culpados que todos sabem que são menos a Justiça. ! abraço

Professorinha disse...

A esperança e a fé nunca morrem...

Fica bem :)

Maria Batista disse...

Bem vindo ao Mundo real ... Olá, encontrei o seu comentário num Blog de cães que me sã familiares e resolvi espreitar!!!
Feliz Ano Novo

deep disse...

Faço minhas as tuas palavras ( se não te importares, é claro!). Também eu gostava que tudo isso acontecesse, mas não vejo jeito.

Na medida do possível, tem um bom ano!

Miguel F disse...

A ver vamos Barão, a ver vamos.

Bom Ano!

Daniela Mann disse...

É lamentável! :(