quinta-feira, setembro 28, 2006

A quem interessa o enfraquecimento da Europa formal?

Esta pergunta foi deixada num comentário a um post aqui do Barão, pelo amigo “Pirata-vermelho”. É uma questão interessante, que coloca um nunca mais acabar de hipóteses, todas mais ou menos alucinadas com maior ou menor grau de comprovação científica.
Numa primeira análise, interessa à Rússia, que não nos há-de jamais perdoar a ingerência na sua tradicional esfera geográfica de influência, bem como o arraso completo do equilíbrio geopolítico e militar do leste da Europa, ter a Nato praticamente às portas de Moscovo é algo que deve fazer o Tio Joseph, revoltear na tumba, qual pioninha nas mãos de um petiz do antigamente, por outro lado uma Europa fraca é um bom aliado de um bloco Islâmico cada vez mais radical e coeso, que assim plantaria como plantou as suas sementes mortíferas bem no seio da velha e amolecida Europa, uma das indagações que se colocou, com os atentados de Londres, foi perceber como é que cidadãos britânicos tinham, feito aquilo.
A resposta não é simples, mas a minha opinião é simples, sejam eles cidadãos de onde forem, nunca se sentirão como tal, como pertencendo ali aquela comunidade, o Passaporte e o Bilhete de Identidade, pode dizer que sim, mas o seu coração dirá outra coisa, é como dizia um personagem do livro “ O último dos Moicanos” – …durante vinte anos vive como um Mohawk, mas no meu coração eu era Huron…-. Sendo muçulmanos pior será esse desenraizamento e desfasamento cultural e social, as questões que nos separam, são muitas e levadas demasiado a sério para que a ruptura e a falta de entendimento não surja num ápice.
Uma Europa fraca, também interessa, ao aliado americano, que assim continuará a dividir para reinar, até porque esta Europa está senil, tarda em se afirmar, faz lembrar um bebé que, ainda trôpego, que mal começou a andar e hesita nos passinhos, sentando-se.
Agradecem os Estados Unidos, o brilho e o efeito, catalizador que pretendem ter, torna-se mais efectivo, porque não existe réplica da Europa, poderão assim os americanos continuar na sua senda de polícia mundial, bem como o seu projecto expansionista. Quem conhece o “ Manifest Destiny” de 1845 sabe do que falo e não falo só da expansão para a costa do Pacífico. A hilariante Pig’s War de 1859, é prova do finca pé expansionista dos americanos, propósito esse que com uma Europa fraca e pior dividida, como no caso da recente tropelia bélica no Iraque, foi claro que os americanos forçaram a mão, numa prova de força.
Os Alemães por ideologia e os Franceses para chatearem os Ingleses ficaram contra, outros vermes subservientes vergaram-se e foram de rabiosque encolhido lamber a mão ao dono, outros anuíram por mera necessidade de protagonismo.
Uma Europa fraca, interessa também a uma corrente de europeus, uma família política muito eclética que junta, os resquícios do anarquismo visceral e trauliteiro do século XIX, a uma certa direita política e ao seu braço armado a extrema-direita pseudo fascizante e surpreendentemente também a uma certa esquerda radical e extrema-esquerda sarrafeira, juntemos mais uns grupelhos de hippies pedrados e umas sociedades mais ou menos secretas e temos um grande tômbola de sequazes oportunistas esperando que a Europa caía.
Existirão, seguramente outros interessados, como a China e o bloco asiático, ou alguns países europeus, até porque até aqui só se falou em aderir à União Europeia, então e se um dia alguém quiser sair como será?

Um abraço deste vosso amigo
Barão da Tróia

22 comentários:

Daniela Mann disse...

É verdade...
Gostei.
Um abraço da Daniela

-pirata-vermelho- disse...

Et voilá!
Uma descrição clara do problema, embora abreviada como é típico deste meio frio.
Haveria a distinguir tempos, fases e imbricações; mesmo apenas relativamente aos elementos referidos.

(Obrigado pela sua atenção)

Barão da Tróia II disse...

Amigo Pirata-vermelho, isto é um blogue dum otário de província, para fazer isso que solicitas, com o qual concordo, existem os abruptos e quejandos, prenhes de intelectualidade. Mas realmente a tua questão foi excelente manda sempre.

Anónimo disse...

Sim a quem interessa o enfraquecimento da Europa.
Alguém esqueceu os acontecimentos depois do 25 de Abril em que chegaram navios da URSS que levavam o produto português sem pagar e ainda hoje alguns empresários estão a chuchar no dedo com essas maquias.
Mas afinal estamos com falta de memória na história da Europa.
Porque entrámos na UE ?, qual a razão de hoje estar nas mãos e a mando de uma Europa que tudo fez para entregarmos uma África rica e hoje tem-nos na mãos com miseros subsidios.
E hoje esses países (África) está na miséria que se encontra, com problemas de saúde que não existiam, mas tudo bem em nome de uma democracia e em nome de alguns que hoje se passeiam pelo mundo mas que se diziam lutar pelo povo, vê-se.
Ao fim de 32 anos vê-se a luta que queriam fazer e quem está a ter regalias da mesma entrega, politicas dirão vocês, vão á fava.touaqui

js disse...

... a fraqueza de uns é a sorte de outros ... como em todas as relações humanas...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt

vinte e dois disse...

A Europa unida poderia ser uma grande "potência" que faria sombra a muito boa gente! Um dos grandes interessados seria de certeza os State que vêem em nós (não Portugal, mas Europa) uma força que até teria probabilidades de impôr os seus desejos.

francis disse...

Amigão, o teu texto é excelente e põe em evidência uma vez mais a patética existência duma comunidade que se chama: (des)União Europeia.
No entanto, sou forçado a fazer-te uma pequena correção - Não foram os americanos que declarara, guerra ao Iraque! Foi Portugal que tomou a iniciativa a invasão através do Ministro Durão Dá De Frosques Barroso que anunciou com pompa e circunstância a guerra a Saddam nos Açores; os americanos não quiseram ficar atrás e pediram-nos para participar também na festarola!!! Assim é que está correcto!!!
:-) Um abraço e very good fim-de-semana!

francis disse...

... e não ligues aos erros.

Isabel Magalhães disse...

..... 'en passant' deixo um abraço e retribuo os votos de bom fim de semana. (prometo voltar com mais tempo)

abraço.
I.

eu mesma! disse...

mais um excelente texto com o qual concordo inteiramente! bom fim de semana!

Pitucha disse...

A hipótese de saída da União está prevista no projecto de Constituição europeia o qual, para já, está congelado.
Beijos e bom fim-de-semana

Ari disse...

...não sai meu amigo !

Excelente texto.

Um beijinho e bom fim de semana

Andreia do Flautim disse...

O enfraquecimento da europa talvez interesse aos EUA...

Eu vi esse filme dos Moicanos!

Formiguinha disse...

Olá, cá vai a resposta ao teu comentário: isso já foi ponderado, mas faltam todos os restantes sintomas para poder ser a doença de Behçet. Felizmente;)

Bjinhos****

SA disse...

parece que uma europa enfraquecida interessa a toda a gente, menos à Gronelândia. lol

nene disse...

Uma Europa forte, dava cabo das negociatas do fantoche do Bush, e de outros tantos iguais a ele.
No entanto,não vislumbro na Europa "homens" capazes de arrasar com os Lobys do senhor Bush e seus fieis "donos".
È tudo uma questão de interesses...e contas na suiça tá claro.
Um beijinho e um bom fim de semana

de Matos disse...

Pois é, mais um excelente texto, mas pelo comentario de alguns, parece que deu muita dor de cotovelo... sabe que mais continue a postar como ate aqui, porque apesar de o visitar a pouco tempo, esta ja na lista dos meus preferidos, nao sao so os abruptos que têm o direito de dizer o que pensam, nos tambem e é por isso que vivemos num país livre, nunca deixes de lutar por aquilo em que acreditas, mesmo que te queiram calar ok? conta comigo pa guerra. em relaçao ao texto gostei como ja tinha dito, e em especial da ultima questao, se alguem quiser sair como será?? uma questao que gostava de ver respondida pelos altos comissarios europeus.

abraço e bom fim de semana

a rasar o ceu disse...

um beijo Francisco...


nestes dias a.complicados e confusos....

dreams disse...

a quem interessa...
a lista é enorme como bem referiste... e a ideologia europeia não passa disso mesmo...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

tron disse...

Para que serve a europa

Daniela Mann disse...

Beijinhos

_____888___88888888___8888
___888888_8888888888_888888
___888888888888888888888888
___888888888888888888888888
____8888888888888888888888
_____88888888888888888888
_______8888888888888888
_________888888888888
______________**
____####______**______####
___#######____**____#######
____#######___**___#######
_____######__**__######
________#####_**_#####
__________####**####
___________###**###
____________##**##
_____________#**#___________

Cucagaio disse...

Interessa a todos, menos aos Europeus. Mas enquanto houver países mais interessados em lamber as botas ao EUA, a Europa nunca será verdadeiramente forte e livre. Perdemos essa liberdade e a força que tinhamos na I Guerra Mundial, a II Guerra Mundial foi apenas o fim da ilusão.