sexta-feira, agosto 04, 2006

Ao Senhor A. M. C. da Costa

Agradeço a gentileza do mail de vossa excelência e fique ciente de que aprecio o facto de ser um leitor atento destas insignificantes e mirabolantes bojardas que pespego neste pasquinzeco electrónico, apesar do tom nefando e apopléctico, agradeço-lhe a verborreia escorreita e diletante com que brindou os meus cansados órgãos da vista, terá Vexa. muita razão, mas caro e dilecto amigo, permita que assim o trate apesar das pouco cordiais palavras que teve a gentileza de me dirigir, este blogue é meu, como tal faço dele o que quiser, quem quer comentar comenta, quem não quer não comenta, quem quer ler lê quem não quer não lê, quem concorda muito bem quem discorda muito bem na mesma, venha quem vier por bem.
Ponto primeiro, não admito reparos aos assuntos que escolho, nem prédicas mais ou menos beatas sobre a moralidade ou a falta dela, não sou católico nem cristão nem nada dessas trampas religiosas, não gosto de religião nenhuma e estou no meu direito, respeito todos por igual, mas deuses não, muito obrigado, já me basta aqueles que tenho de engolir por sacro santa imposição duma sociedade constitucionalmente laica, que na prática não somos.
Ponto segundo. De bispos, cardeais, párocos, abades e outros que tais quero lonjuras e distâncias largas, por mui excelsos que sejam, e castos e beatos e tudo mais, permitir-me-á Vexa. que quando o entender invective e discorra sobre as atitudes menos conseguidas e até estultas dos membros de qualquer congregação e confissão religiosa, pois caso o meu egrégio amigo não tenha ainda reparado, infelizmente a estupidez não tem confissão religiosa.
Em terceiro, não falo sobre Israel, porque não tenho nada para dizer, porque outros, meus melhores o fazem com estrepitosa distinção e denodo, sendo as minhas pobres garatujas uma insignificante caganita de mosca perto deles, além de que me estou positivamente a borrifar para Israel para o Líbano e para a Palestina, não me interessa e não quero saber, logo não perco tempo com isso, não significando tal facto que não tenha opinião sobre o assunto e seja insensível à carnificina.
Quarto ponto. De igual modo, meu insigne companheiro, não tenho nenhum sentimento de culpa para com África, respeito os africanos, mas não fui eu que fiz lá nenhuma guerra, nunca trafiquei escravos, alias nunca de lá saí, nem me interesso por África, nem pelo Darfur nem por nenhuma dessas histórias mais ou menos trágicas, mais uma vez, pessoas com melhor fundo que a minha pessoa, melhores pessoas portanto, gente preocupada e generosa gente em todos os sentidos admirável e que escreve de forma admirável, alerta para esse tipo de tragédias. Sinceramente não me interesso nem quero saber, certo ou errado é assim que penso e o problema é meu, bem como os eventuais problemas de consciência.
Ponto quinto de seis. Esclareço-o também diligente amante da blogueira escrita, que tenho plena consciência, que sou um ser anacrónico, que ao não estar interessado em como vivem os outros provavelmente irei desaparecer, que este egocentrismo social é mau, sim concedo-lhe a minha anuência, no entanto ressalvo que continua a ser minha prorrogativa à luz dessa mesma tão apregoada por todos, Liberdade, assim pensar, correndo conscientemente todos os riscos e acatando as consequências dessa opção.
Sexto e último, caro senhor eu, Francisco Pereira, cidadão trabalhador, pagador de impostos por tal não figurando na célebre lista, respeitador da lei e da ordem utilizador dos caixotes do lixo para depósito do mesmo ao contrário de muitos senhores educados e doutorados, distinto reciclador desde 1990, apreciador do sossego e respeito pelo próximo, amante da boa mesa e da pinga supimpa, Dador de Sangue de órgãos após morte e Dador medula óssea, ainda que desrespeitado por muitos, que esburgam os meus bolsos e apoucam a minha pessoa, tenho o direito de não gostar de quem quer que seja, estando-me positivamente nas tintas para as convenções desta sociedade de trampa em que vivo. Tenho o direito de dizer o que quiser, sabendo de antemão as consequências desse acto, tenho também o dever de respeitar as pessoas, mesmo que sejam umas bestas-quadradas, como muitas e demasiadas vezes acontece. Não sou racista mas se fosse tinha o direito de o ser, mesmo que isso o desgoste a si e a muitos que parecem não entender que se querem a liberdade tem de aprender a respeitar os outros mesmo que as opções deles não sejam aparentemente as mais correctas, para mim a liberdade é algo que não pode ser questionado, ambos sabemos que é uma faca de dois gumes. Considere-me racista, se o desejar, porque não gosto de gente estúpida malfazeja e boçal, desses infelizmente temos de sobra e de todas as cores, sendo que uns são mais propensos à estupidez que outros.
E como a arenga já vai longa, termino, desejando-lhe as maiores felicidades, em querendo pode continuar a ler as atoardas que publico, desejo-lhe boas férias, se esse for o feliz caso, porque hoje finalmente este vosso humilde criado vai de férias, voltarei na força da maré como diz o outro, lá para Setembro.

Um abraço, deste vosso amigo
Barão da Tróia

45 comentários:

Rosario Andrade disse...

Bom dia!!!!
;-D!!!!!!
BOAS FÉRIAS!
BJICO

missixty2000 disse...

Eu hoje tanbém vou de fárias! beijocas e diverte-te!!
miss

moonshinne disse...

Bom post. Boas férias
Volta com essa garra toda!
Fica bem

SA disse...

Mai Nada. Ganda Barão e mais uma prosa de se lhe tirar o chapéu :)

Andesman disse...

Ponto primeiro de dois: Boas não, óptimas férias para o Excelentíssimo Barão.
Ponto dois de dois: Este post é um grito de Liberdade! 1 abraço

sem-comentarios disse...

Excelentes ferias :))

e volte com essa disposição e imaginação !

Bj*

Tribunal_Beatas disse...

E focaste um aspecto muito importante: por legítimo que seja o facto de todos terem a liberdade de visitarem os blogs e de lá colocarem os comentários que lhes aprouverem, cada autor é que sabe o tema de que fala e como o trata. Gostei muito deste "recado".
Boas férias :)
Até breve!

Andreia do Flautim disse...

Boas férias!

BlueShell disse...

Irra...deste-lhe com força, meu!

Boas férias...

BShell

paraquedista disse...

Senhor "Barão da Tróia". Não conhece aquela cantiga, "não sejas mau pra mim", ié-iéi???
Então umas boas e retemperadoras férias e o regresso cheio de estaleca. Boas férias para todos.

Anónimo disse...

E quem fala assim não é gago nenhum, afinal estamos num país de democracia, ou á democracia ou comem todos, maravilhosa prosa essa, merecias ir ao parlamento fazer ver aos adormecidos parlamentares quem fala grosso, é isso mesmo só lê quem quer quem não quer muda de emissora, ahahahah, pensava estar sózinho mas afinal existe noutros quintais boa tomatáda, boas férias é o que te desejo, vem com a gana toda, estaremos á coca da próxima rodada.touaqui

bluerussian disse...

Muito bem respondido. Não conhecendo o teor do email, mas imaginando, è assim mesmo q se dá troco àqueles que não toleram a diferença, e não percebem que na casa de cada um quem manda é o próprio. os restantes, podem opinar, mas não ditam sentenças a respeito. O 25 de abril serviu para alguma coisa ou quê? Ou vamos voltar a ter censura, ou mais recuadamente, inquisição?
Umas excelentes férias, um beijinho, barão. Aguardo o teu regresso.

Manel do Montado disse...

Vai de férias e não te rales com "cromos" moralistas de trazer por casa.
Denúncia sempre o que se passa no teu burgo porque essa é a realidade deste Portugalzinho de enfeite.
Um abraço e bons comícios e melhores buícios! Por que a vida só é boa com “ cumer e buber”, como se diz no meu Alentejo.

Carlos Afonso disse...

Nem mais Caro Barão!! Boa malha,... se "gritamos" aos 7 ventos ke vivemos num Estado de Direito Democrático, então façamos "jus" á Liberdade (neste caso, de expressão escrita)!! Umas óptimas Férias Amigo Barão!! Grande Abraço...Carlos.

Savonarola disse...

Quem fala [escreve] assim não é gago! Ou há liberdade ou comem todos, não é verdade? Aplaudo!!! (Só tenho é aquela curiozidadezinha de saber quem é o A. M. C. da C. e o que é que ele terá escrito... De qualquer forma, é feio bisbilhotar!)

Boa tirada, bem inspirada, bem escrita, bem profunda. Cá por mim, também defendo a Liberdade e a Democracia, das sérias, das boas. E também defendo a Anarquia...

Boas férias e um gand'abraço

Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú disse...

Ok, tá certo! È a sua opinião...Mas talvez fosse conveniente interessar-se mais por África, Israel e Líbano. Todos estes conflitos têm efeitos colaterais nas nossas vidas e eles tb chegam aí ao pequeno rectângulo á beira mar plantado.

Cherry Blossom Girl disse...

Muito bom. Boas férias
Beijinhos
***

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

:)
Boas férias
Beijos

Menina_marota disse...

Ainda bem que não fui eu que lhe enviei o mail... ahahah

Boas férias, cá o espero bem moreno... eheh

Abraço ;)

António Lisboa Gonçalves disse...

Mais nada!!!
Grande resposta.


Boas férias.

xicoxperto disse...

Neste espaço há lugar para todos e se vivemos em democracia quem não gostar do que escrevemos mude de "canal".
Boas férias.

Professorinha disse...

Boas Férias. Diverte-te!!

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Que o sol seja o sorriso a dançar no teu rosto.
Bom fim de semana
Beijos

sonia disse...

Boas férias. Eu cá continuarei que este ano não há férias para ninguém :)
beijinhos

Eric Blair disse...

Fónix, pá; é mesmo assim. E depois eu é que sou mal disposto.
Só faltou ali um palavreado mais escatológico.
Ficamos então combinados para Stembro.
Boas férias.

Professorinha disse...

"Não sou racista mas se fosse tinha o direito de o ser, mesmo que isso o desgoste a si e a muitos que parecem não entender que se querem a liberdade tem de aprender a respeitar os outros mesmo que as opções deles não sejam aparentemente as mais correctas, para mim a liberdade é algo que não pode ser questionado, ambos sabemos que é uma faca de dois gumes."

Ora nem mais. Isto sempre eu o disse, mas as pessoas parecem pensar que a liberdade que existe é apenas para as pessoas que concordam com as ideias deles, não deve haver ideias independentes.

Boas férias!

Blogue da Magui disse...

Este seu texto devia ir para um quadro e ficar afixado onde tivesse muitos passantes. Uma ode a liberdade. Parabens.Boas ferias.Lamento te informar que o meu IP nao � o que apareceu e nem o local que marcou.

musqueteira disse...

Caro Barão... se eu pudesse ilustrar este texto com imagem... sei bem o que faria, ora se sei;)Boas férias.

Anónimo disse...

viva barao de troia,sou miguel gouveia, teu conterraneo ribatejano e sou um profissional da calçada portuguesa.o assunto pelo qual te contacto nao tem nada a ver com este post,é bem mais interessante:li sobre o ze calceteiro no post que deixaste num blog e despertoume a atençao,pois é um caso deveras interessante. quero entrar em contacto com esse homem.para tal preciso que me arranjasses o contacto!
envia para miguelgouveia71@gmail.com
sem mais assunto de momento,abraço
miguel gouveia

bravo disse...

Não li o "episódio anterior" que deu origem a este post, mas pelo que percebi é daqueles casos que nem merecia resposta... a não ser que dê gozo dá-la!
Abraço

dreams disse...

cada um de nós é livre de tomar as atitudes que quiser e não deveriam ser impostas as "boas maneiras de pensar" de uma sociedade que a cada dia que passa se torna mais oca...

excelente resposta...

boas férias

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

Mixikó disse...

boas férias...cá te esperamos

Rosmaninho disse...

Barão que tem blogue merece férias.
Pois então que estejam a ser excelentes!

~*Um beijo*~

Mixikó disse...

Espreitei...beijos à espera de novos posts.

Lumife disse...

Nunca as mãos te doam para "cascar" nesses falsos moralistas.

Goza umas boas férias e no regresso cá te esperamos.

Um abraço

Miss X disse...

Altura de regressar à Blogosfera! :)

agua_quente disse...

Agora que eu voltei e ia fazer também uma arenga de toodo o tamanho, tu vais-te embora. Tá mal.
Boas férias! Beijos

O Micróbio II disse...

Já estou arrependido de ter ido para férias... e eu que gosto tanto de "traulitada", ausentei-me logo durante um período quente aqui pelo blog do Barão. E certamente teria todo o prazer em poder contribuir para tão ilustre arena. Não vou poder comentar este post, porque desconheço na totalidade o cerne da discussão... no entanto, deixa-me ousar dizer-te que algumas das frases com que ilustras este teu texto não são um hino à liberdade, são sim um hino à libertinagem e deixam no ar algum cheiro a egoísmo, como o demonstra o 3º e 4º pontos. Mas, enfim... já vim tarde! Boas férias e volta com energia!

Mixikó disse...

Passei...ainda à espera de novas leituras

woman's secret disse...

Espero que o regresso esteja para breve.
Bjx

Alien David Sousa disse...

Isto é de Barão!!!

Cucagaio disse...

Se eu sabia, tinha trazido um dicionário! Há muito tempo que não lia palavras tão complicadas. Um abraço.

Cucagaio disse...

Já agora quem é A. M. C. da Costa? Regressei de férias e não sei o que se passa.

Casemiro dos Plásticos disse...

ora ai esta mais um post de qualidade:)

Mariazinha disse...

Boas férias.