sexta-feira, junho 09, 2006

Introspecções

Esta história da extrema-direita, deixa-me um amargo de boca muito grande, por si só é reveladora da incompetência dos governos e dos governantes em realmente fazer desta terra o Estado de Direito que ele deveria ser e não é.
Posso definir-me como um celta-ibero-greco-fenício-romano-arabe-visigotico-galo-inglês, naquilo a que se convencionou chamar Português, não preciso de ser mais multicultural, apesar de ser moda enfiar pelas goelas abaixo do povinho imbecil a multi-culturalidade como sinónimo de salvação e remédio de todos os males, a esse respeito acho completamente absurdo e triste que existam enchentes de imbecis que pagam para aprender kizombas, capoeiras e tolices desse género e quase não exista gente para dança Fandango ou Baile Mandado sem ter de pagar nada.
Sou laico republicano e humanista, trabalho pago impostos e só desejo respeitar e ser respeitado pelos outros, em relação a ser respeitado pelos outros estamos conversados, em Portugal grassa a cultura do desrespeito.
Para mim, pretos, brancos, azuis ou cor-de-rosa são todos iguais, excepto aqueles que me desrespeitam esses abomino, seja qual for a sua cor. Gente incivilizada e cretina, podem ser ciganos, pretos, brancos ou qualquer outro tipo de gentalha que faz da estupidez da intolerância do roubo e do sistemático abandalhamento a sua regra de vida.
Tenho o direito de não gostar de quem ou do que quer que seja, direito esse que me é garantido por uma constituição, que ninguém parece querer cumprir, por muito que me digam que não devo ser isto ou aqueloutro, eu tenho o direito de não gostar de pretos de brancos de ciganos de árabes de ingleses de franceses ou até de baluchis, tenho esse direito e ponto final, tenho também o dever de não atentar contra esses indivíduos e de respeita-los, mesmo quando eles não demonstram por mim qualquer respeito.
Gosto de Toiradas, excepto o toureio a pé que não me cativa muito, gosto de caçar javalis, alias a única coisa que gosto de caçar, gosto de fumar isso irá matar-me mas esse é um direito que me assiste, detesto o politicamente correcto, inócuo e limpinho que percorre uma sociedade podre como esta.
É por isso que quando o rapazeco da extrema-direita fala em estar preparado para se defender da escumalha eu concordo com ele, eu e milhares de Portugueses de todas as cores, que fazem da honestidade a sua lei, que trabalham, que pagam impostos e que desbragadamente são esburgados do esforço do seu suor por todo o tipo de escumalha.
Esse facto incomodou-me, eu concordo com aquele cavalheiro, um pobre diabo alucinado, mas nesse ponto cheio de razão, incomoda-me o faz de conta em que este país se tornou, incomoda-me que em geral a etnia Cigana, escarneça de mim e me roube, usando o dinheiro que eu ganho, sendo racista desprezando aquilo que eu sou, incomoda-me que na Cova da Moura e similares, exista gente que pensa que está em África, que sejam racistas até mais não, que me roubem que vivam com os subsídios vindos do dinheiro que EU, ganho. Incomoda-me que para dar dinheiro a toda esta escumalha existam pessoas como a minha Avó que com 85 anos ganha 15 contos de reis de reforma, isto incomoda-me, incomoda-me que se deixem estas pessoas fechadas em guetos, incomoda-me que não os eduquem nem que seja a toque de murro e pontapé, incomoda-me sobretudo pensar na trampa de terra onde tive o egoísmo supremo de fazer nascer o meu filho.
Incomoda-me um Estado que é incapaz de manter a ordem, um Estado que mente, um Estado que é incompetente, que nos deixa a sofrer, vítimas da escumalha e vítimas da elite política, nós os pobres papalvos respeitadores, trabalhadores e pagadores de impostos, somos o meio termo, somos o cordeiro a sacrificar, a escumalha rouba-nos para que os senhores do poder possam descansar e nós trabalhamos para dar os subsídios à escumalha e os ordenados aos senhores do poleiro e o seu descanso. Incomoda-me esta moda de não dizer aquilo que se pensa só porque não é politica mente correcto, aquele badameco pseudo nazi idiota, limitou-se a dizer aquilo que muita gente pensa, temos de desculpa-lo, pois é um cretino, mas no meio de todos aqueles disparates está uma verdade, que não aceita desmentidos, este país está podre, sem rumo e sem governo.
Um dia quando a malta estiver cansada desta farra como vai ser?

Um abraço, deste vosso amigo
Barão da Tróia

8 comentários:

bluerussian disse...

Sabes? tens toda a razão. Eu só acho que não se deve apelar ao extremismo e sair à rua de arma em punho, punindo por tudo isto pessoas, sejam quem forem e de que cor tenham a pele, à balda, como o badameco neo-nazi pretende. preocupa-me que estes gajos subvertam as mentes dos miúdos que vivem agrafados à net, e lhes metam na cabeça ideiais xenófobos, cuja solução apresentada é a morte. isso não está certo. culpas atirem-se ao governo, que não controla, nem lhe interessa, esta situação, e faz destas coisitas operações de maquilhagem, para vermos quão diligente é. neste país, trabalham meia dúzia de pessoas, alguns estrangeiros tb, pagam os seus impostos a tempo e horas, cumprem as suas obrigações todas, para que um batalhão de políticos, gestores, desempregados compulsivos, benefíciários do rendimento mínimo e outros subsídios não merecidos, e demais chupistas, andem aí a viver à grande.

Tia Cremilde disse...

oi oi oi!
já passei por aqui ontem, mas o blogger estava possuído e não me deixou comentar!!

Vim retribuir a visitinha! a porta está sempre aberta, passe lá sempre que apetecer!

"egoísmo supremo de fazer nascer o meu filho"... isto é de uma genialidade!! gostei do teu cantinho, destas palavras! sou gaja para cá voltar!

bom fim de semana!

musqueteira disse...

Viva Barão de Troia,
Safa!Mas mais débi... é o Estado da Républica Portuguesa!

Casemiro dos Plásticos disse...

e é assim a vida em portugal...

Menina_marota disse...

"...Para mim, pretos, brancos, azuis ou cor-de-rosa são todos iguais, excepto aqueles que me desrespeitam esses abomino, seja qual for a sua cor. Gente incivilizada e cretina, podem ser ciganos, pretos, brancos ou qualquer outro tipo de gentalha que faz da estupidez da intolerância do roubo e do sistemático abandalhamento a sua regra de vida."..."

"..Incomoda-me esta moda de não dizer aquilo que se pensa só porque não é politica mente correcto,..."

... e também porque se ganha votos...

Assino por baixo do teu texto, posso?


Abraço e boa semana ;)

Teresa Durães disse...

Padrinho de armas! Para além de concordar com o post (o melhor era por uma linha em branco entre os parágrafos, fica mais fácil a leitura...) combinamos de antemão:

Como não gosto e acordar cedo, vamos para a paródia e depois ao duelo (afinal, trata-se da minha vida!)? Aquilo é simples! Quem morrer, está morto! lololol

Um prazer!

Menina_marota disse...

Voltei aqui, porque ao ler o Blog de alguém que não tem papaas na língua, me lembrei do que aqui li...e, resolvi deixar aqui o endereço, porque há muita gente que, ainda diz o que pensa...

http://maneldomontado.blogspot.com/

Um abraço ;)

(grata pela passagem no meu "outro" blog)

js disse...

...á falta de um Estado de Direito ... A Extrema-Direita avança!... normal ... até por aquilo seu se vê em todas as eleições... a penalização da má governação e nunca um voto pelo melhor que os que estão por fora representam ... portanto quando o pessoal se fartar dos "democratas" optarão pelos não democratas ...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt (isto de não permitires votos extra blogger só me lixa)...